Mercado hispânico ganha destaque na feira de Miami

A indústria da televisão apresentou nesta segunda-feira suas últimas produções na maior conferência do setor que reúne mais de 5 mil profissionais e que destacou os programas dirigidos ao mercado hispânico.

EFE

24 de janeiro de 2011 | 17h02

A feira anual da Associação de Produtores de Programas de Televisão (NATPE, da sua sigla em inglês), que trocou Las Vegas por Miami Beach, é uma plataforma única para os produtos dirigidos ao mercado hispânico, entre eles telenovelas, documentários, formatos de entretenimento e séries, entre outros.

Compradores procedentes de 43 países, produtores e diretores de emissoras de televisão se reuniram na feira do setor audiovisual que inclui seminários e encontros com personalidades americanas como o popular apresentador Regis Philbin e o chileno Don Francisco (Mario Kreutzberger).

Empresas da América Latina, Europa e Estados Unidos apresentam nesta conferência sua oferta de programação ao mercado de televisão internacional, um negócio que aborda praticamente todos os gêneros audiovisuais e gera vendas de milhões de dólares.

Um dos pontos altos da feira será a apresentação de La maestra y el Nobel, uma série de 27 capítulos rodados em Miami e Colômbia sobre a infância do escritor colombiano e prêmio Nobel de Literatura, Gabriel García Márquez.

Por sua parte, a Nickelodeon América Latina, uma filial da MTV Networks México, apresentará na feira sua nova telenovela Grachi, vendida a emissoras da Argentina, Bolívia, Chile, Costa Rica, República Dominicana, Peru e Venezuela, entre outros países.

Em paralelo, o canal venezuelano Venevisión, empresa da Organização Cisneros, celebra nesta feira seus 50 anos no mundo audiovisual com uma série de atividades comemorativas.

A NATPE foi criada em 1964 como plataforma para o encontro dos diretores da televisão americanos, mas o crescente mercado do setor audiovisual com diferentes formatos, shows, produções e tendências lhe imprimiu uma nova orientação global.

Entre as diversas conferências e seminários, a feira conta com temas como "Digital: Novas oportunidades para o conteúdo no YouTube", "Vive aqui, pensa ali", "Criando experiências online sobre Ciência-Ficção" e "Fundamentos para o êxito. Lições da BBC".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.