TV Globo
TV Globo

Meninas assumem a bancada do ‘Vídeo Show’, na Globo

Sophia Abrahão se une a Vivian Amorim e Fernanda Keulla no comando do programa da tarde da Globo

Eliana Silva de Souza, O Estado de S.Paulo

16 de julho de 2018 | 06h00

Há 35 anos no ar, o Vídeo Show, da Globo, tem buscado constantemente realizar mudanças para continuar vivo na telinha. Muitos foram os nomes que passaram por sua bancada, desde sua estreia com a atriz Tássia Camargo, passando por Cissa Guimarães, Miguel Falabella e, mais recentemente, Mônica Iozzi e Otaviano Costa. Este último, que esteve à frente da atração junto com Sophia Abrahão, deixa o posto para buscar seu próprio caminho dentro da emissora. 

+Netflix estreia primeira série de comédia brasileira da Netflix

+Séries consagradas devem dominar as indicações ao Emmy 2018

E nesta segunda, 16, estreia mais uma nova fase do programa, com Sophia Abrahão dividindo a bancada com outras duas garotas, Vivian Amorim e Fernanda Keulla. 

+Claudia Netto é a nova Dona Leocádia, na série e no novo filme ‘Detetives do Prédio Azul’

Sobre essa nova empreitada, Sophia diz estar bem preparada. “Foi um ano de muito aprendizado. Claro que cada dia é um desafio porque o programa é ao vivo. Mas estou me empenhando e estudando cada vez mais para estar por dentro de todos os assuntos que a gente fala.” 

A apresentadora fala também da emoção de estar em um programa ao vivo. “É um desafio todo dia. Um leão por dia, tudo pode acontecer. Mas quando a gente ouve: ‘5, 4, 3, 2, 1, no ar’, é uma delícia. O bacana do ao vivo é que quando acaba o programa, já está entregue.”

Sobre como será o novo formato, ela afirma que “a dinâmica vai ser muito divertida. A gente apresentou o programa online, o Vídeo Show: Enquanto Rola a Copa, juntas e deu muito certo e ajudou no nosso entrosamento”. Ela enfatiza ainda o fato de ser “muito bacana, agora só com as meninas no comando. E num momento muito interessante. Amava apresentar com o Joaquim e o Otaviano, mas acho que, assim como eles apresentaram dois homens juntos antes, agora vamos testar três mulheres”.

Já Fernanda Keulla, conta que “para apresentar um programa desse tipo, a gente conta com uma equipe de direção, produção, roteiro, que nos ajuda e nos ampara”, e afirma ser essa uma “oportunidade de trabalhar com apresentadores maravilhosos, super técnicos. Mas, para mim, o Otaviano é um apresentador completo. Ele canta, imita, tem uma voz maravilhosa, fala muito bem. Mas também acho importante que eu busque mostrar minha personalidade nas coisas que eu faço”.

Mais conteúdo sobre:
televisãoVídeo ShowRede Globo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.