Joel C Ryan/Invision/AP
Joel C Ryan/Invision/AP

Melina Matsoukas diz que seu novo filme conta história necessária sobre negros

Diretora trocou o comando dos clipes musicais de Beyoncé para assumir a produção 'Queen & Slim'

Redação, Reuters

29 de janeiro de 2020 | 14h40

A diretora Melina Matsoukas disse que trocar o comando de videoclipes musiciais de Beyoncé para a direção de Queen & Slim na telona lhe deu a chance de contar o que chama de uma história “necessária” sobre “pessoas negras, meu povo”.

Matsoukas compareceu ao tapete vermelho para a première de sua estreia como diretora em Londres, poucos dias antes dos prêmios Bafta, a principal premiação do cinema do Reino Unido, que foi criticada por alguns por sua falta de diversidade.

Os indicados ao Bafta nas categorias de atuação são todos brancos —o que provocou reação nas mídias sociais como #BaftasSoWhite—, e o público que busca mais diversidade a encontrará em Queen & Slim.

O drama de Matsoukas é sobre um casal negro cujo encontro pelo Tinder termina com a dupla em fuga depois que eles matam um policial branco em legítima defesa.

“Quando li o roteiro, era tudo o que eu buscava em um filme — era político, tinha algo a dizer, parecia realmente necessário e divertido”, disse Matsoukas à Reuters na pré-estreia do filme em Londres.

“Ele também representou uma comunidade de pessoas - negros, meu povo - que nem sempre vemos na tela e eu realmente queria contar nossas histórias para nossas lentes, sem filtro, e conseguimos fazer isso.”

Os atores Daniel Kaluuya e Jodie Turner-Smith se juntaram a Matsoukas no tapete vermelho para comemorar antes do lançamento do filme no Reino Unido em 31 de janeiro.

O filme começa com os personagens Slim e Queen, de Kaluuya e Turner-Smith, em um encontro estranho que parece não estar indo a lugar algum.

Dirigindo para casa por uma rua deserta de Cleveland após o jantar, eles são parados por um policial branco e se envolvem em uma briga que resulta em Queen baleada na perna, e Slim mata o policial em legítima defesa.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Melina Matsoukascinema

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.