REPRODUÇÃO
REPRODUÇÃO
Imagem Cristina Padiglione
Colunista
Cristina Padiglione
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Marília Gabriela reabre o 'TV Mulher' para ouvir Carmen Lúcia sobre estupro

Cristina Padiglione, O Estado de S. Paulo

04 de junho de 2016 | 03h00

Marília Gabriela e a direção do canal Viva, ainda na voz de Letícia Muhana, resolveram reabrir a 2.ª edição do TV Mulher em razão do caso de estupro coletivo de uma menor, no Rio, que tem mobilizado o País. A ideia de gravar uma entrevista com a ministra Carmen Lúcia, vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), não cabia no prazo entre o acontecimento e o primeiro episódio, conforme Letícia comentou com a coluna poucas horas antes da estreia, na terça passada. Assim, a conversa foi registrada ontem, em Brasília, no gabinete da ministra.
A ideia de resgatar o TV Mulher, em dez edições semanais, não comporta o formato do original, feito ao vivo, diariamente, nos anos 1980, como explica o diretor do programa, Jorge Espírito Santo. Assim, as dez edições foram devidamente gravadas antes da estreia. “Mas, diante de uma situação tão importante, que mobilizou o País de uma forma tão contundente, e que tem relação direta com uma questão feminina, não dava para a gente não fazer nada”, justificou. Carmen Lúcia falou a Gabi sobre os recursos que já existem para coibir o que é uma questão séria de comportamento social, sempre tentando culpar a vítima. E refuta alegações sobre o que a vítima veste ou deixa de vestir. 
Gabi aproveitou para abordar outras questões do universo feminino. Perguntou à ministra se ela já havia sofrido assédio moral, o que ela confirmou. Disse que, quando isso ocorreu, era muito jovem, e que talvez hoje tivesse outra reação. A conversa deve ocupar pelo menos 10 minutos do programa: no ar terça, às 22h30.

Senhor cidadão. Sob o testemunho do cinegrafista Leandro Pagliaro, Luiz Fernando Carvalho dirige Antonio Fagundes como coronel Afrânio para a cena do segundo embate entre ele e o filho, Martim (Lee Taylor), no Bar de Chico Criatura, na novela das 9, Velho Chico. 
Marcos Mion celebra 6 anos de Legendários bem hoje, na Record.
Influente nas redes sociais, com mais de 13,1 milhões de seguidores no Twitter, 6,9 milhões no Facebook e 5,9 milhões no Instagram, Mion será o dono de uma incubadora de startups voltada a melhorar o desempenho de YouTubers e blogueiros no filme Amor.com, com Ísis Valverde.
E Lucas Rangel, cujo canal tem 1,6 milhão de inscritos no YouTube, apresenta, a partir de hoje, no Mundo Disney, do SBT, os bastidores e detalhes dos novos filmes da Disney, Pixar, Marvel e LucasFilm. 
Beyoncé estará na tela da HBO, aqui, dia 17, às 23h, com uma série de vídeos do especial Lemonade.
1 milhão de pessoas foram alcançadas pela vitória do Golden State Warriors sobre o Oklahoma City Thunder, na transmissão do SporTV 2, no dia 30: a audiência foi recorde da NBA na TV paga
"O processo de desnudamento, de entrada no novo figurino, é o grande prazer do ator”
José de Abreu A BIANCA RAMONEDA NO ‘OFICIO EM CENA’: 3ª, 23H30, NA GLOBONEWS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.