Marco Bianchi e Felipe Xavier satirizam estereótipos da TV

Sem intervalo

Cristina Padiglione, cristina.padiglione@grupoestado.com.br,

05 Abril 2011 | 07h00

 

O que era plano se consumou: Marco Bianchi e Felipe Xavier, parceiros dos tempos do Sobrinhos do Ataíde, voltam a contracenar no Descontrole Remoto, programa que merecerá a gravação de um piloto nos próximos dias para ser oferecido a canais de TV. Juntos, os dois traçaram o perfil de uma série de personagens, todos dispostos a satirizar formatos e figurinhas televisivas. Entre séries, infantis, reality shows, mesas esportivas, canais de leilão e de lutas, Bianchi apresentou à coluna os seguintes tipos:

 

Seriado Enfartoman: protagonizado por um super herói obeso e fumante, que sempre chega atrasado às missões.

 

Ora Bolas: debate esportivo tumultuado, pronto para acabar em sérias desavenças, sobre o craque Milkshakesom, "itaquaquecetubense", que fala mal do treinador pelo Twitter.

 

Dani Peitinho: apresentadora de esportes radicais que se acha moderna pela prática das atividades mais irracionais, mas é rasinha de dar dó, uma nulidade em conteúdo.

 

Teteco Del Santo: ator que participa de um programa de auditório comandado por Ludovica Flores. Faz o tipo politicamente correto, é bonito e adora "jogar frases feitas para a torcida", mas será desmascarado em um ato falho que há de expor o quanto sua performance é fake.

 

Churrasco em debate: quadro do canal pago TV Alimento, que discute os vários aspectos do churrasco. Participam da mesa o chef Norberto Salgado, o gaúcho Galdêncio Cavalo, a vegetariana Jane Biritiba e o empresário do ramo de fast food Amado Barroso.

 

 

 

 

 

Aos Antônios

Assim será chamado o bebê que a Carol de Camila Pitanga espera na novela Insensato Coração e que há de derreter o André de Lázaro Ramos. Gilberto Braga e Ricardo Linhares homenageiam assim o pai da atriz, Sr. Antonio Pitanga, e a filha dela, Antônia.

 

 

12

pontos de média registrou a estreia de Batendo o Ponto, anteontem, na Globo. O programa ficou 2º lugar na Grande São Paulo, onde o Domingo Espetacular, da Record, marcou 17 pontos

  

 

‘Se essa novela não fizer sucesso, vai ser igual ao banco que eu perdi na praça’. Silvio Santos, anteontem, no ar, sobre Amor e Revolução, novela que estreia hoje, às 22h15, no SBT

 

 

Homenagem do SBT e do site Israel na Web brindou à comunidade judaica, em clipe exibido pela emissora anteontem.

 

Na linha samba-enredo, o tributo contava a trajetória dos judeus e mostrava alguns de seus ilustres representantes no Brasil - como o próprio SS, com direito a grito carnavalesco, como "Shalom, meu povo!".

 

O Pânico na TV! vai ressuscitando seu ibope. Anteontem, chegou a 9,5 pontos de média e 15% de participação na Grande São Paulo.

 

Está prevista para o episódio que vai ao ar amanhã no Universal Channel, a nova participação de Sônia Braga em Brothers & Sisters.

 

A Globo levou à MipTV, em Cannes, o mesmo catálogo oferecido na Napte, que ocorreu em janeiro, nos EUA. É hora de apresentar a europeus e asiáticos os títulos já conhecidos no continente americano.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Sem intervalo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.