Eugene Garcia/EFE
Eugene Garcia/EFE

Los Angeles emite 'bat-sinal' em homenagem ao ator Adam West

Sinal foi projetado no prédio da Prefeitura de Los Angeles

AFP

16 de junho de 2017 | 10h59

A Prefeitura de Los Angeles emitiu na noite desta quinta-feira (15) um 'bat-sinal' na fachada do prédio em homenagem ao ator Adam West, que interpretou o herói em seriado na TV na década de 1960 e morreu na sexta (9), aos 88 anos. "Nunca haverá outro Adam West e nunca haverá outro Batman como o de Adam West", afirmou o prefeito da cidade, Eric Garcetti.

"Eu não sei quantas vezes sonhei em usar o 'bat-sinal'", afirmou Charlie Beck, chefe do departamento de Polícia de Los Angeles, se referindo ao tradicional método com o qual as autoridades chamavam o super-herói nas histórias em quadrinhos e nos filmes de Hollywood.

Burt Ward, o ator que interpretou Robin no mesmo seriado, agradeceu às centenas de fãs que lotaram a Câmara Municipal para homenagear o ídolo. "Adam não está fisicamente, mas acredito que hoje ele esta aqui em espírito", afirmou o ator de 71 anos.

"Se Adam estivesse aqui, ele diria que devemos aproveitar bem o pouco tempo que temos. Sejam bons e passem tempo com sua família e amigos. Ele iria querer todos felizes hoje. Ele passou toda sua vida buscando fazer do mundo um lugar melhor", afirmou Ward.

West estreou sua carreira artística em 1957, no filme Voodoo Island, mas não teve seu nome creditado nesse trabalho. Depois, o ator e dublador norte-americano participou de inúmeros seriados, mas ganhou reconhecimento ao interpretar Batman na série homônima televisiva, que foi ao ar de 1966 a 1968.

Seu sucesso como o super-herói fez com que ele ficasse para sempre associado ao Homem-Morcego. Recentemente, voltou a ter sucesso com a voz do prefeito de Quahog, que também se chama Adam West, na série animada Family Guy.

West morreu de leucemia e deixou sua esposa, Marcelle, com quem era casado desde 1972, seis filhos, quatro netos e dois bisnetos.

Tudo o que sabemos sobre:
Adam WestMarcelleBatmanHollywood

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.