Andrew Kelly/ Reuters
Andrew Kelly/ Reuters

'La Casa de Papel' vence o Emmy 2018 de Melhor Série Dramática

Prêmio reconhece os melhores programas de televisão produzidos e transmitidos fora dos Estados Unidos

O Estado de S.Paulo

20 Novembro 2018 | 09h28

A série espanhola La Casa de Papel levou nesta segunda-feira, 19, o Emmy Internacional na categoria de Melhor Série Dramática durante a cerimônia da 46ª edição de premiação, que reconhece os melhores programas de televisão produzidos e transmitidos fora dos Estados Unidos.

La Casa de Papel, transmitida na Espanha pela emissora Attresmedia, enfrentava na sua categoria outras três ficções: Urban Myths, do Reino Unido, Inside Edge, da Índia, e 1 Contra Todos, do Brasil.

"Esta é a última parada de um ano incrível e um sonho com o qual nunca tínhamos sonhado", disse à Agência Efe o criador da série, Alex Pina.

"A série está funcionando muito bem em todas as latitudes, de norte a sul, em lugares que nem sequer imaginávamos: Arábia Saudita, Turquia, e, claro, América Latina", acrescentou Pina.

A diretora de ficção da emissora Attresmedia, Sonia Martínez, confessou que viam à série britânica Urban Myths, indicada na mesma categoria, como uma séria que poderia arrebatar-lhes o prestigiado prêmio.

"Houve um momento que não tínhamos muita certeza", disse à Efe Martínez minutos depois de receber a estatueta. "Tínhamos um pouco de medo, mas aí está. É a culminação de muitas horas de trabalho", completou sorridente.

Por sua vez, Pina expressou sua emoção por receber o reconhecimento internacional de La Casa de Papel, que descreveu como "entretenimento puro" e "quase uma história em quadrinhos em muitos aspectos".

 

Mais conteúdo sobre:
televisãoLa Casa de Papel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.