Juiz anula julgamento de atriz de 'Desperate Housewives'

Um juiz declarou na segunda-feira a anulação do processo da atriz Nicollette Sheridan contra os produtores do seriado "Desperate Housewives", após os jurados afirmarem que estavam "desesperadamente em um impasse".

REUTERS

20 de março de 2012 | 13h40

O júri, que consistia de nove mulheres e três homens, disse que não conseguia ir além de uma votação de 8 a 4 a favor de Sheridan e, como resultado, foram incapazes de emitir um veredicto, que exigia que nove deles concordassem com um resultado.

Os advogados de ambos os lados disseram a repórteres fora do tribunal que estavam preparados para julgar o caso novamente.

Sheridan, de 48 anos, que interpretou Edie Britt na série de 2004 a 2009, acusou o criador Marc Cherry de ter batido na cabeça dela durante um ensaio em 2008. Ela alegou que foi demitida e sua personagem foi morta depois que ela reclamou.

Cherry disse que só bateu em Sheridan para instruí-la sobre uma cena, e a morte de sua personagem estava planejada quatro meses antes do incidente.

O seriado "Desperate Housewives", atualmente em sua oitava e última temporada, termina em maio.

(Reportagem de Piya Sinha-Roy)

Tudo o que sabemos sobre:
TVDESPERATEHOUSEWIVESANULACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.