John Wayne como só ele conseguia ser

Bravura Indômita (True Grit). No TCM, às 15h50. Reprise, colorido, 128 minutos

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

14 de junho de 2009 | 00h15

Hollywood prepara atualmente o remake de Bravura Indômita e quem vai realizar a nova versão do western famoso de Henry Hathaway com John Wayne? Ninguém menos do que os irmãos Coen, que realizarão assim seu primeiro bangue-bangue, embora já tenham incursionado pela mitologia do gênero em Onde os Fracos não Têm Vez.

Se concretizado, o projeto de refazer True Grit - título original - será para 2010, ou 2011. Você não precisa esperar tudo isso e poderá (re)ver hoje o xerife caolho e balofo a que o lendário Duke Wayne deu o melhor de sua persona. Ator de clássicos de John Ford, Howard Hawks e do próprio Hathaway - para só citar três mestres -, Wayne encarna o xerife que perdeu a forma, mas não o humor nem a incrível pontaria que faz dele um ás do gatilho e o terror dos bandidos.

Na trama, Rooster Cogburn - como se chama - é contratado por garota (Kim Darby) que quer vingar a morte dos pais. Wayne ganhou o Oscar de 1969 pelo papel, ao qual voltou em 1975, em companhia de Katharine Hepburn, em O Justiceiro Implacável, de Stuart Millar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.