Jogo dos sete erros

Os mutantes estão à solta na Record. Nas outras emissoras, o ataque é dos clones. Faustão foi o primeiro a abrir a porteira para eles. Fez um concurso de grande repercussão em seu Domingão, com direito a jurados famosos.Na seqüência, veio Silvio Santos que, retomando o comando das tardes de domingo no SBT, promoveu uma disputa de sósias. Justiça seja feita, SS sempre foi fã de clones de famosos, ainda mais se forem transformistas. Eis que a Record também prepara um concurso do tipo. Resumindo: procura-se gente parecida com celebridades. Com toda essa demanda, eles estão em falta. Assim também como os gordinhos. O mercado dos tipos específicos reclama, diz que foi altamente desfalcado pelo boom das cirurgias de estômago. "Sempre fiz mais eventos, mas agora, com esses concursos, tem pintado muita coisa na TV", conta Veruska Souza, que há oito anos trabalha como sósia de Whoopi Goldberg. Assim como muitos que a TV recruta, Veruska é atriz de verdade, mas não conseguiu espaço do jeito convencional.Edmilson Santana e Eliseu do Carmo também estão entre os que tiram proveito do biotipo. O primeiro era palhaço profissional, o segundo, camelô. Devem a oportunidade na TV à baixa estatura. São anões, mas preferem ser chamados de "baixinhos"."Fui a uma gravação do Show do Tom na Praça da Sé e pedi emprego a ele. Estou agora no quadro Bofe de Elite, sou o soldado 02", conta Eliseu, que sonha em fazer cinema, novela e, quem sabe, um dia beijar a Juliana Paes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.