AP Photo/Bristol Herald Courier, Earl Neikirk, File
AP Photo/Bristol Herald Courier, Earl Neikirk, File

James Best, o xerife do seriado 'Os Gatões’, morre aos 88 anos

Ele também fundou uma escola de atores em LA, onde teve alunos célebres como Quentin Tarantino, Burt Reynolds e Clint Eastwood

REUTERS

08 de abril de 2015 | 15h54

O ator norte-americano James Best, conhecido como o xerife atrapalhado Rosco P. Coltrane do seriado Os Gatões, morreu na noite de segunda-feira aos 88 anos após uma curta doença, de acordo com seu site.

Best, que atuou em centenas de episódios de televisão e filmes durante uma carreira em Hollywood que durou seis décadas, faleceu na cidade de Hickory, na Carolina do Norte, depois de complicações causadas por uma pneumonia, disse Steve Latshaw, um amigo e colaborador.

Best serviu como policial militar na Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial antes de se tornar ator, e trabalhou ao lado de grandes protagonistas como Jimmy Stewart, Paul Newman e Humphrey Bogart nos anos 1950 e 1960.

Mais tarde ele fundou uma escola de atores em Los Angeles, onde teve alunos célebres como Quentin Tarantino, Burt Reynolds e Clint Eastwood, e lecionou seu ofício em universidades do Mississippi e da Flórida.

Seu maior sucesso comercial foi o papel na série Os Gatões, que a rede CBS exibiu entre 1979 e 1985 e continuou popular nas reprises, mantendo Best ocupado em seus últimos anos de vida com participações em festivais e encontros de fãs.

Tudo o que sabemos sobre:
James BestTelevisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.