Irmãs têm final feliz na trama das 7

Dora, Alma e Suzana conseguem resolver suas vidas amorosas na reta final de Três Irmãs

Fabiane Bernardi, O Estado de S.Paulo

04 de abril de 2009 | 22h22

As belas irmãs que dão nome à trama das 7 da Globo, Dora (Cláudia Abreu), Alma (Giovanna Antonelli) e Suzana (Carolina Dieckmann) ganharão do autor Antônio Calmon um final feliz.

A primeira a se acertar em Três Irmãs é Alma, que supera a insegurança e se convence de que Gregg (Rodrigo Hilbert) sempre fora apaixonado por ela. Para selar a reconciliação do casal, um bebê já está a caminho.

Depois, é a vez de Suzana, enfim, conseguir se casar com Eros (Paulinho Vilhena). Mas o happy end dos surfistas só será possível após a morte de Xande (Dudu Azevedo), que leva um tiro de Violeta (Vera Holtz). A vilã se vê obrigada a matar o rapaz para defender a vida da filha, já que o bandido tenta, novamente, raptar Suzana e quase provoca a morte de Sandro (Marcello Novaes). Mesmo alegando legítima defesa, a megera vai para a cadeia pelos outros crimes que cometeu.

Quanto a Dora e Bento (Marcos Palmeira), o acerto de contas ocorre por causa da gravidez de alto risco de Dora. Com um parto bastante complicado, a irmã-perua só não morre porque Alma consegue salvá-la. Emocionado e com o filho saudável nos braços, Bento se declara novamente a Dora e, juntos, decidem formar uma família.

Também se acertam Waldete (Regina Duarte) e Alcides (Marcos Caruso), e Walquíria (Maitê Proença) e Baby (Cássio Gabus Mendes), que depois de tantas falcatruas, conseguem recuperar a fortuna que Violeta roubou dos cofres da Prefeitura e, em um ato de redenção, devolvem tudo para o povo de Caramirim. Satisfeito, o casal de ex-pilantras viaja a Paris.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.