Paulo Liebert/AE
Paulo Liebert/AE

Hebe recebe estrelas globais em reestreia de seu programa

Apresentadora em tratamento de um câncer no peritônio recebeu Xuxa, Roberto Carlos e outras celebridades

Cristina Padiglioni e Patricia Villalba,

08 de março de 2010 | 21h53

Na primeira edição após o diagnóstico de sua doença, o programa da apresentadora Hebe Camargo no SBT mereceu nesta segunda-feira, 8, aval muito excepcional da Rede Globo na liberação de artistas que raramente dão o ar da graça em outros canais.

 

Veja também:

mais imagensFotos da volta de Hebe ao SBT

blogTV e Lazer acompanhou gravação pelo Twitter

 

"Vou ter de limpar o chão da Globo, fazer faxina lá pra agradecer tudo isso", disse Hebe. Xuxa estava lá, Ana Maria Braga estava lá. Roberto Carlos estava lá - não na primeira fila, como as loiras, mas em vídeo gravado previamente com Hebe num hotel da cidade, ao lado de seu maestro, Roberto Lages, que, ao piano acompanhou o rei na interpretação de Como "É Grande o Meu Amor Por Você".

 

E não é que o cantor chorou? "Nunca vi o Roberto chorar antes, nunca!", disse Hebe. Diante da loira, viu-se um Roberto mais descontraído que nunca, disposto a elencar que as coisas de que mais gosta na vida são: "Primeiro sexo com amor, depois sexo, e depois sorvete". E Hebe: "Sorvete de pauzinho ou de copinho?". "De copinho, claro", gargalhou o rei.

 

Em tratamento contra um câncer no peritônio, na região do abdome, Hebe contou que já se submeteu a três sessões de quimioterapia até agora e faltam mais três.

 

"Não senti nada", disse ela aos jornalistas que foram até a sede do SBT para acompanhar a gravação de seu primeiro programa de 2010, previsto para exibição no mesmo dia, às 23h15.

 

A apresentadora contou que vem usando peruca. "Chamei a Nêuta, que faz umas perucas lindas, e ela fez três pra mim. Isso que estou usando agora é peruca, podem fotografar", falou, para gargalhar em seguida.

 

Hebe disse que só ficou desanimada com a notícia da doença nos primeiros dias. "Até depressão, que eu nunca tive, eu achei que teria, fiquei muito deprimida, mas logo passou."

 

Questionada se fazia exames rotineiramente, a apresentadora admitiu que não, que nem os exames ginecológicos de praxe costuma fazer, e garantiu que vai mudar. "Não sou um bom exemplo", falou.

 

Silvio Santos também apareceu indiretamente. Com seu auditório, puxou um coro de "Parabéns a Você" e mandou o mimo para ser exibido durante o programa da loira, que completa hoje 81 anos.

 

O patrão não apareceu de corpo presente no auditório, mas a filha, Daniela Beyrutti, diretora artística do SBT, e a primeira-dama, Íris Abravanel, estavam lá. O elenco do SBT compareceu em peso.

 

Na primeira fila, Marília Gabriela e Astrid Fontenelle, ambas cedidas pela GloboSat, contracenavam com Maisinha, a garota prodígio de Silvio Santos. Abordada pelo Estado após a gravação para saber, afinal, o que tanto ela conversava com Xuxa durante o programa, Maisinha só repetia: "Ah, várias coisas, várias coisas".

 

Como a data valia também para o Dia Internacional da Mulher, Hebe norteou o programa com questões sobre a efeméride. Perguntado pela apresentadora como um homem deve proceder quando a mulher "está de TPM (tensão pré-menstrual), Ratinho disse que era bom nem chegar perto.

 

O apresentador foi repreendido pela deputada Zulaiê Cobra Ribeiro num bate-boca apartado por Ivete Sangalo que, do palco, divertia-se: "Coitado do Ratinho, vá pescar, Ratinho, vá pescar." Quando o assunto parecia esgotado, Xuxa pediu a palavra para dizer que nem todas as mulheres ficam bravas na TPM: "Eu fico molinha, molinha", disse.

 

Ratinho perguntou a Hebe se ela tinha se arrepiado "além do limite" em sua entrevista com Roberto Carlos. "Até o limite não, porque a quimioterapia leva tudo", riu Hebe.

 

De Marília Gabriela, Hebe quis saber se uma mulher seria melhor que um homem na presidência da República. Gabi se livrou da saia justa. Afirmou que "mulher ou homem", o ocupante do cargo deve ter competência, moral ilesa e atenção com saúde e educação.

 

No palco, Ivete Sangalo, Maria Rita, Leonardo e Ney Matogrosso acompanharam a conversa e fizeram seus números musicais. E para dizer que Hebe é a mesma de sempre, cobrou um "selinho" de Leonardo. E levou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.