DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO
Imagem Cristina Padiglione
Colunista
Cristina Padiglione
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Guarda-roupa de 'Liberdade Liberdade' soma 1.928 peças

Considerando que todo o acervo de figurinos da Globo tem cerca de 3 mil peças – metade em uso e metade armazenada num grande galpão dos Estúdios Globo, em Jacarepaguá, é surpreendente o consumo calculado pela equipe de Liberdade Liberdade, novela das onze atualmente no ar. Atendendo à demanda da época, a equipe de figurino liderada por Paula Carneiro teve de desenvolver tudo do zero. Contabilizou 9 mil metros de tecido para criar cerca de 140 vestidos, 230 camisas, 120 casacas e 80 fardas, entre outras roupas. Como poucos programas e novelas se passaram no Brasil de 1792 e 1808, Paula usou obras históricas, como filmes, séries e pinturas, como referência. 

Cristina Padiglione, O Estado de S. Paulo

28 de maio de 2016 | 03h00

Manifeste-se. O 'Zorra' continua pegando boa carona na vida real. Aqui, o padre faz a clássica pergunta de casamento: “se alguém tiver alguma coisa contra...”. E encontra manifestações de toda espécie: contra a redução da maioridade penal, serviço militar e até o cabelo do Neymar. 

+ de 1,5 milhão de pessoas passaram pelos canais ESPN no último fim de semana, durante a transmissão das  finais das Copas nacionais do futebol europeu, com liderança  na TV paga
‘Plano Alto’, uma das melhores séries já produzidas pela Record, de  Marcílio Moraes, só ganhará uma possível temporada em 2017.
Tem menu para hoje? O TNT indica boas pistas na série Sabores do Cinema, que ensina receitas de grandes produções do cinema, com episódios inéditos todos os sábados, às 22h30. Hoje tem Cookies, de Matrix.
Brigadeiro de chocolate belga, inspirado na Fábrica de Chocolate, é o cardápio do próximo sábado. Depois tem salada de frutos do mar, de Piratas do Caribe, e a seguir, crème Bûlée, na trilha de O Fabuloso Destino de Amélie Poulan.
Com 3 minutos de duração,Sabores do Cinema é apresentado pela chef Renata Vanzetto e a dupla do Pipocando, Bruno Bock e Rolandinho. Os episódios se estendem às páginas oficiais do canal no Facebook e YouTube.
A releitura do  ‘TV Mulher’ nem  entrou no ar  ainda e já tem muita gente entusiasmada por uma 2ª temporada. Assunto  não falta. O programa estreia na próxima terça e terá dez edições semanais, no canal Viva. 
E Regina Duarte abre a série de entrevistas com grandes atrizes feitas por Theodoro Cochrane para o novo TV Mulher. Fala de Malu Mulher, Raquel de Vale Tudo e de sua três Helenas em novelas  de Manoel Carlos.
No ar pelo Multishow com a série  Tá Rindo de Quê?, Rafinha Bastos já está em adiantado estágio de produção com seu próximo programa para o canal: Chamado Central debocha dos programas policiais feitos com anuência da própria polícia. Na ficção, o humorista é o  tenente Sérgio Marcos.
Cai a temperatura, sobe o ibope. Globo e Record celebraram audiências recordes na semana que passou, em especial na faixa noturna, das novelas aos noticiários, em São Paulo e no Rio.
"O que aprendi sobre a arte de escrever novelas não pode morrer comigo. Por isso criei a Master Class e a próxima será em SP” Aguinaldo Silva  NO  TWITTER

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.