Nick Briggs/ITV/The New York Times)
Nick Briggs/ITV/The New York Times)

Grupos britânicos BBC e ITV lançam canal de streaming para competir com Netflix

De acordo com os números fornecidos pelos dois grupos, os serviços de streaming estão em plena expansão no Reino Unido, com um crescimento de dois dígitos no número de clientes.

Redação, AFP

19 de julho de 2019 | 12h01

Os grupos britânicos BBC e ITV anunciaram, nesta sexta-feira, 19, que assinaram um acordo para lançar a Britbox, um serviço de vídeo em streaming que deve competir com o domínio da gigante americana Netflix no Reino Unido.

O novo serviço de streaming, que será lançado no quarto trimestre de 2019, vai oferecer o "maior acervo da série britânica" por uma assinatura de 5,99 libras (7,48 dólares) por mês, de acordo com a declaração conjunta.

"Assinaturas de serviços de vídeo on-line são cada vez mais solicitadas, porque os clientes gostam de ver o que querem, quando querem", disse a diretora-geral da ITV, Carolyn McCall.

"A BBC e a ITV produziram a maior parte dos melhores momentos da televisão britânica nesta última década, e agora o conteúdo estará na BritBox", declarou o diretor-geral da BBC, Tony Hall.

O serviço Britbox já existe nos Estados Unidos e no Canadá, onde os resultados são melhores do que o esperado por ambos os grupos, embora sejam modestos.

A declaração conjunta não menciona as emblemáticas séries da BBC Doctor Who e Sherlock, nem a muito popular Downton Abbey da ITV, mas explica que algumas séries estarão disponíveis apenas quando concluírem os contratos de difusão com outros serviços de vídeo on-demand.

De acordo com os números fornecidos pelos dois grupos, os serviços de streaming estão em plena expansão no Reino Unido, com um crescimento de dois dígitos no número de clientes.

Mais de 12 milhões de famílias estão inscritas em pelo menos um serviço, e mais de 4 milhões se inscreveram em várias plataformas no país.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.