Grey's: drama até fora da TV

Grey's Anatomy passa por outra polêmica: a atriz Katherine Heigl critica o 4.º ano

Etienne Jacintho, O Estado de S.Paulo

28 de junho de 2008 | 21h24

Parece que o set de Grey's Anatomy nunca fica em paz. No ano passado, a polêmica foi a briga do elenco contra a homofobia de Isaiah Washington, o dr. Preston Burke, que foi demitido. Agora, é Katherine Heigl, a Izzie, que encabeça a confusão.   Veja também:Ellen Pompeo quer Meredith e Derek juntosEssa dupla é de tirar o fôlegoQuem ganhou e quem perdeu neste 4.º ano da sérieA estrela-mór da série - e vencedora do Emmy - pediu para seu nome ser retirado da premiação este ano. Segundo ela, nada do 4º ano de Grey's é merecedor de Emmy.Ellen Pompeo, protagonista da série, contou, em entrevista ao Estado, antes da greve dos roteiristas, que o 4º ano teria um ritmo mais desacelerado, com mudanças sutis nos personagens. Mas, a greve veio e encurtou Grey?s em seis episódios. O suficiente para bagunçar o esquema. Fora isso, a criadora da atração, Shonda Rhimes, teve de dar mais atenção a Private Practice - spinoff da série, com Kate Walsh, a dra. Addison Shepherd -, que estreou nos EUA este ano. Patrick Dempsey disse, na ocasião, que os atores dão idéias aos roteiristas, mas que as reivindicações nem sempre são atendidas. "Não temos o poder de escrever o roteiro", disse. "É a série de Shonda Rhimes e estamos aqui para executá-la. É frustrante, mas é a realidade, tudo bem." BRONCAS DE KATHERINE Katherine Heigl contou que "continuaria na série em seu 5º ano se não acontecesse nada inesperado". A atriz desabafou e disse que está um pouco cansada de Izzie. "Ela está tomando decisões erradas. Não digo em relação a George, mas em relação às cirurgias." Para ela, George e Izzie tinham de ficar juntos. "Alguém merece ser feliz." Nada disso aconteceu. Izzie não ficou com George, não ganhou boas cirurgias, não teve conflito bacana. "Era muito protetora em relação a Izzie e agora quero estapeá-la", falou Katherine, que gostava quando Izzie tentava equilibrar seu emocional, sua ligação com os pacientes e sua carreira. "Talvez o erro dela seja querer ser cirurgiã", brincou.

Tudo o que sabemos sobre:
GREY'S ANATOMY

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.