Globo maltrata sua escolinha

Edição costurou vários programas e alongou as aulas da Escolinha do Professor Raimundo

Ubiratan Brasil, O Estado de S.Paulo

20 de dezembro de 2008 | 22h18

As relações entre Chico Anysio e a TV Globo há muito vivem estremecidas. Pior para a emissora, que não se aproveita do talento de um veterano comediante, um dos poucos remanescentes de um humor que, embora considerado antigo, é marcado por uma bem dosada mistura de ingenuidade com picardia. É o que se observa em Escolinha do Professor Raimundo - Turma de 90, seleção de esquetes do último grande sucesso de Anysio na emissora, lançado agora pela Som Livre.   Inicialmente o quadro de encerramento do programa do humorista, a Escolinha alcançou tamanho sucesso que ganhou um horário independente, permanecendo no ar durante dez anos no total. Êxito baseado unicamente no talento de seus humoristas, especialmente Rogério Cardoso, Walter D'Ávila, Lúcio Mauro, Zezé Macedo e Cláudia Gimenez, entre outros, que, apesar de interpretarem papéis caricatos, provocam o riso por conta de seu imenso talento.   E o que poderia ser uma homenagem, no entanto, parece mais uma provocação: no DVD, as aulas foram esticadas, ou seja, cenas de diversos programas foram costuradas em apenas uma. Um desrespeito com um gênio do humor como Anysio.  

Tudo o que sabemos sobre:
Escolinha do Professor RaimundoGlobo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.