Fred Prouser/Reuters
Fred Prouser/Reuters

'Glee' e 'Modern Family' recebem prêmio de grupo ativista gay

As duas séries empataram como melhor série de TV na categoria comédia

REUTERS

11 Abril 2011 | 13h03

Glee e Modern Family empataram como melhor série de TV na categoria comédia na apresentação dos GLAAD Awards no domingo, enquanto o grupo ativista que organiza a premiação homenageou programas e astros pelo avanço ao retratar gays e lésbicas na mídia.

Os dois programas, que já venceram prêmios Emmy, têm personagens e abordam temas que contribuíram para a aceitação da comunidade gay, lésbica, bissexual e transexual nos Estados Unidos, disse o principal grupo ativista dos direitos gays do país.

O concurso de moda Project Runway venceu o prêmio de melhor reality show na TV depois que um concorrente revelou publicamente na TV ser soropositivo no ano passado.

A atriz de TV e da Broadway Kristin Chenoweth, convidada especial de Glee, recebeu o prêmio Vanguarda, que é entregue anualmente pelo GLAAD àqueles que aumentaram a visibilidade e a compreensão da comunidade GLBT.

Chenoweth foi escolhida por defender seu colega na Broadway Sean Hayes no musical Promises, Promises, contra comentários publicados em um artigo de revista em 2010, que argumentava que atores gays assumidos não eram convincentes no papel de personagens heterossexuais.

Os prêmios foram apresentados em um jantar de gala em Los Angeles, organizado pelas atrizes de Parks and Recreation Amy Poehler e Rashida Jones.

A Aliança Gay e Lésbica contra a Difamação (GLAAD, na sigla em inglês), homenageia séries de TV, filmes, jornalistas, músicos e blogueiros que retrataram de forma justa a comunidade GLBT e as questões que os afetam.

A maioria dos prêmios da mídia será entregue na cerimônia em São Francisco em maio.

(Reportagem de Jill Serjeant)

Mais conteúdo sobre:
TVGLEEPREMIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.