Gil Grissom está ficando para trás!

Quando se fala em série de investigação criminal, em que todo mundo pensa? CSI, CSI Miami e CSI NY. Mas, na verdade, as três franquias de CSI estão bem sem-graça ultimamente. O fim da última temporada de CSI - o original, Las Vegas - prometia um início eletrizante para este 8º ano. E isso não aconteceu. Com desfecho bem morno para o seqüestro de Sara (Jorja Fox) e a assassina das miniaturas, CSI perdeu força. Digo isso mesmo amando muito o Gil Grissom de William Petersen. A realidade é que o AXN está muito além dos CSIs. As duas melhores séries de investigação criminal vão ao ar às sextas-feiras no canal: Criminal Minds e NCIS. E as duas têm em comum duas personagens femininas nerds incríveis: Penelope Garcia (Kirsten Vangsness) e Abby Sciuto (Pauley Perrette). Elas são estilosas, espertas e manejam com destreza equipamentos megacomplexos. Confesso que demorei um pouco para me render a NCIS, mas o episódio apresentado na semana retrasada teve ótimas tiradas como o discurso de DiNozzo (Michael Weatherly) reproduzindo uma fala de Tommy Lee Jones no filme O Fugitivo. Hilário! Já Criminal Minds ganhou novo fôlego com a entrada de Joe Mantegna. A série, que já tinha um elenco sensacional, com Matthew Gray Gubler e o charmoso Shemar Moore - adoro o flertezinho entre o personagem dele, Derek Morgan, com Penelope -, ficou ainda melhor com a chegada de Mantegna. O mistério sobre o passado de David Rossi e a sua volta à equipe que criou gerou um novo interesse para o público. Ah, se esses investigadores saíssem da telinha...

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.