Divulgação/HBO
Divulgação/HBO

Game of Thrones: Temporada 8, episódio 5 - recapitulando

Penúltimo episódio marca o fim de personagens importantes e indica possível final

Thaís Ferraz, especial para O Estado

13 de maio de 2019 | 00h25

Este texto contém spoilers da oitava temporada de Game of Thrones

‘Encontre a melhor televisão que você puder’, disse Emilia Clarke, atriz que dá vida a Daenerys, no talk show Jimmy Kimmel Live. A ansiedade dos fãs, já grande, aumentou. Mas o episódio 5 da temporada final de Game of Thrones não entregou tudo isso.

O capítulo começa com Lorde Varys redigindo um bilhete. ‘Ele é o herdeiro legítimo do trono de ferro’, escreve. É interrompido por sua ‘passarinho’, Martha, que conta estar sendo vigiada. Ele pede para que ela relembre seu ensinamento. ‘Quanto maior o perigo, maior a recompensa’, ela repete. 

Martha  tenta entrar na Fortaleza, mas falha. Lorde Varys recebe sua recompensa: é buscado por Verme Cinzento e morre vítima do impiedoso dracarys de Daenerys. Foi traído por Tyrion, que, com exceção do momento em que ajuda Jaime a fugir, passa todo o episódio batido, caminhando por entre escombros da sua terra natal.

Arya consegue entrar em King’s Landing: Jaime, a princípio, não. Em fúria, Daenerys, montada em Drogon, queima toda a frota de Euron Greyjoy. Ele sobrevive.

Frente a King’s Landing, o exército de Daenerys hesita. Uma bola de fogo derruba as muralhas de dentro para fora. Daenerys queima a cidade por dentro, sem poupar ninguém. Não para nem mesmo quando os sinos dobram, em sinal claro de rendição.

Em uma cena brutal, o exército de Daenerys, guiado por Verme Cinzento, ataca homens rendidos. Jon Snow tenta evitar o massacre, mas não consegue. Como Tyrion, passa todo o episódio batido.

Arya e o Cão de Caça quase chegam a Cersei. O Cão pede para que Arya desista de sua vingança, ou se tornará como ele. Arya agradece e some. O Cão segue para enfrentar seu irmão, A Montanha. Os dois se atacam furiosamente, A Montanha estoura os olhos do Cão, que enfia uma adaga no morto. Os dois morrem, caindo da muralha, enquanto tudo queima ao redor.

Jaime e Euron se encontram na praia e se enfrentam, em uma estranha batalha de egos por Cersei. Jaime consegue matar Euron, mas sai completamente ferido. Encontra Cersei, se esconde com ela na Fortaleza de Maegor, mas o momento dura pouco. Ambos morrem abraçados, soterrados. Como esperado – mas Cersei merecia mais. 

Arya, em meio à multidão, quase morre pisoteada, queimada, atacada pelos poucos dothrakis que sobreviveram à batalha de Winterfell. Ajuda os desprotegidos de King’s Landing - seu lado humano, que até então parecia perdido, aparece. Ressurge como heroína: ao acordar, coberta de sangue e cinzas, encontra um cavalo branco, também coberto de sangue e cinzas. É nele que deixa a cidade para trás, na cena final do episódio. Com Cersei e Jaime mortos, Sansa isolada no Norte, Jon e Tyrion abatidos, a batalha final pelo Trono de Ferro parece se desenhar entre Arya e Daenerys.

Tudo o que sabemos sobre:
Game of Thronessérie e seriado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.