Futura expõe bairro preterido pela GloboSat

21 Abril 2011 | 09h21

 

Madeira reciclada e iluminação com 80% de economia no consumo de energia também valem para a indústria de televisão. O canal Futura, alinhado com tal proposta, prepara para 2 de maio a estreia de seu novo estúdio, que reza sob a cartilha ambiental responsável. Mais: o novo estúdio conta com painel de vidro em 180º, exibindo os prédios e comunidades do entorno no bairro do Rio Comprido, onde fica a Fundação Roberto Marinho. Ou seja, o que era um incômodo para a GloboSat, que até dois anos atrás ocupava um prédio cercado de janelas blindadas em função de tiroteios na vizinhança, no mesmo Rio Comprido, será um cartaz para o coirmão Futura.

 

Saca-rolha

Amigos dos idos do Saca-Rolha, programa que durou pouco, mas deixou grandes encontros - e isso foi antes que o Canal 21 fosse dominado pela fé eletrônica - Lobão e Mariana Weickert saem em busca de boas lojas de camisetas de rock para o programa dela, Vamos Combinar, no GNT. Vai ao ar segunda, às 21h30.

 

3,3

pontos de média rendeu o programa de Hebe na RedeTV! anteontem, na Grande São Paulo. É coisa modesta para uma Hebe, mas já é o dobro do ibope anterior

 

"Vamos ver como me saio. Não me dou muito bem com tecnologias modernas" Jorge Loredo, o Zé Bonitinho, que aos 86 anos aderiu ao Twitter como @jorgeloredo

 

 

O CQC começará a exibir vídeos enviados por telespectadores anônimos, ou ao menos de fora de seu staff. Estuda-se a possibilidade de colocar a novidade no ar já da próxima edição, segunda-feira, na Band.

 

E o 9º integrante do CQC não desembarca em cena em curto prazo. A direção continua a testar três aspirantes ao posto, sem pressa.

 

Para os que julgavam necessária uma cena de discriminação racial contra o personagem André Gurgel (Lázaro Ramos): ela acontecerá em breve, quando o personagem se envolver com a filha de Eunice (Deborah Evelyn), Leila (Bruna Linzmeyer).

 

Lázaro, aliás, predador sexual na trama das 9 da Globo, tem ouvido todo tipo de aventura de desconhecidos que insistem em confundi-lo com o personagem.

 

E os patrícios que vivem no Rio têm abordado Ricardo Pereira para descobrir como se faz para disfarçar o sotaque lusitano. "Tem gente que me diz: ‘estou aqui há 20 anos e não consegui isso’", disse ele a Patrícia Villalba, do Estado.

 

Mas às moças que lamentam a ausência de sotaque luso no Henrique de Insensato Coração, o ator português garante que o acento original está guardado.

 

A RedeTV! envia seu staff a Los Angeles, no dia 18 de maio para garimpar novas séries internacionais para o canal, durante a L. A. Screenings, feira do gênero.

 

A 3ª temporada de Dexter já tem data de estreia na mesma RedeTV!: 26 de maio. Treze semanas depois, ali pelo final de agosto, chegará ao horário Hawaii 5.0.

 

Roque Santeiro substituirá Vale Tudo no canal Viva, em reprise que passa a ir ao ar meia hora mais cedo, à 0h15, atendendo a pedidos de nostálgicos que acordam cedo.

Mais conteúdo sobre:
sem intervalo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.