MULTISHOW
MULTISHOW

Filho de Roberto Bolaños anuncia saída da Televisa por conflitos de direitos do seriado 'Chaves'

Em agosto deste ano, a atração deixou de ser transmitida em toda a América Latina

Redação, O Estado de S.Paulo

16 de setembro de 2020 | 11h34

Roberto Gómez Fernández, o filho de Roberto Gómez Bolaños, criador do seriado Chaves e Chapolin, anunciou que deve sair da Televisa.

Por meio de um comunicado nas redes sociais, ele afirmou que foi um decisão difícil, levando em conta os 17 anos de trabalho na emissora mexicana. "Por este meio, quero comunicar que, depois de uma longa e extraordinária história, a partir de hoje deixo de fazer parte da Televisa", publicou Fernández no Twitter. 

Um dos motivos para a saída é o conflito por causa dos direitos de Chaves. Em agosto, a série foi tirada do ar de todos os canais em que era exibida na América Latina.  O SBT deixou de transmitir a atração após 36 anos. O canal Multishow, que exibiu o serido por dois anos também foi afetado.

Na época, a retirada de Chaves do ar entrou para os assuntos mais comentados no Twitter, com várias mensagens de lástima dos espectadores de países de língua espanhola, os quais ressaltaram os valores manifestados pelo programa, como a amizade, solidariedade e a honestidade.

No ano passado, o icônico seriado virou espetáculo com a estreia de Chaves - Um Tributo Musical, no Teatro Opus.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Chaves e Chapolin

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.