Fábio, de Herivelto

Longe da TV há quase um ano, ator grava na praia cena de série ambientada nos anos 40

Alline Dauroiz, O Estado de S. Paulo

10 de outubro de 2009 | 16h00

.

GUMEX – Fábio Assunção se prepara para gravar na brisa da Urca

De terno de linho, suspensórios e sapatos bicolores, Fábio Assunção destoava na paisagem da Praia Vermelha, no bairro da Urca, na última segunda-feira. Sob uma forte brisa do mar, o ator andava pela areia com o traje, em meio a 52 figurantes com roupas de banho dos anos 40. A cena inusitada faz parte das gravações da minissérie Dalva e Herivelto, que estreia em janeiro, em que ele vive o compositor Herivelto Martins.

 

Após gravar duas cenas – uma delas com Maria Fernanda Cândido, a Lurdes, com quem Herivelto viveu depois de se separar de Dalva –, o ator conversou em tom animado com jornalistas, enquanto uma horda de meninas e senhoras ensandecidas entoavam o coro "lindo, tesão bonito e gostosão".

 

Longe da TV desde novembro, quando se afastou da novela Negócio da China para se tratar da dependência de drogas, Fábio não gosta de dizer que está de volta ao trabalho. "Não estou voltando de lugar nenhum. Continuo em linha reta." Admite que aceitou o papel por estar entre amigos, após recusar propostas para filmes, duas peças e uma minissérie. "Confio muito no (diretor) Dennis Carvalho, com quem trabalho desde 1994. A Adriana Esteves (a Dalva) é madrinha do meu filho e me relaciono muito bem com a (autora) Maria Adelaide Amaral."

 

Mais rechonchudo e com entradas no cabelo feitas sob encomenda, Fábio revela que come muito chocolate e aproveita o personagem para relaxar. Desde julho, porém, a vida do ator não tem muito descanso. Três vezes por semana, ele tem aulas de canto e violão e, desde 14 de setembro, grava sem parar. "Gravo todo santo dia e, inclusive, dia santo", diverte-se.

Viagem a convite da Globo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.