'Eu me dou bem comigo', diz Elizângela

Despachada, atriz fala da carreira de 46 anos e de Cilene, a adorável cafetina de A Favorita

Etienne Jacintho, O Estado de S.Paulo

01 Novembro 2008 | 21h19

Elizângela começou a atuar com 7 anos, na TV Excelsior. Ainda criança, ela fez inúmeros comerciais, de colchão a gelatina. "Não agüentava mais aquele Flan Royal!" Apresentou noticiários na telinha e, nos anos 70, atacou de cantora. "Vendi muito", lembra. A canção mais famosa foi Pertinho de Você (vídeo no YouTube), mas Elizângela não queria ser refém da indústria fonográfica. "Era uma manipulação horrorosa. Queriam me forçar a entrar em um gênero e eu queria buscar meu estilo." E estilo não falta à atriz, assim como humor - e uma ótima gargalhada!Por que você é só Elizângela, igual a Madonna, a Cher?Era um nome único (risos)! A primeira Elizângela fui eu e depois vieram as outras (risos). É a junção dos nomes das minhas irmãs - Elizabete e Ângela. Havia Rosângelas, Mariângelas... E não tinha outra Elizângela - continua não tendo outra atriz Elizângela! No clipe de Pertinho de Você, você está igual a hoje...Ah, imagina! Meu Deus! Menina, eu tinha 21 anos ali! Faz muito tempo, cara. Minha filha já tem 34 anos e ela tinha 2. Bom, comecei muito cedo em tudo, tive filha cedo, com 19 anos. Acho que por isso as pessoas comentam: ?Essa já deve ter uns 60 anos e muita plástica (risos)!Mas você nem tem muitas plásticas...Não... Acho que tem que fazer se tiver incomodando, mas a pessoa tem que ter bom senso e um bom cirurgião porque senão vira qualquer coisa, né? Fiz pálpebra, bolsinhas (dos olhos) e coloquei as crianças (seios) no lugar. Você esperava que Cilene tivesse cenas tão dramáticas?Não tinha noção, porque sempre faço núcleo cômico. E aí me deparei com essas cenas cabeludas! Dramáticas! Está sendo maravilhoso, porque não tive a oportunidade de mostrar esse trabalho na televisão e tenho sido elogiada. Suas cenas com o Ary Fontoura são incríveis. Vocês já haviam contracenado juntos?Fizemos novelas juntos, mas nunca nos cruzamos porque éramos de núcleos diferentes. Mesmo com a Patrícia (Pillar) e com a Cláudia (Raia). Já fiz novelas com elas, sem que nossos personagens se cruzassem. E a gente se deu muito bem. E o Cauã também. E, com o tempo, a intimidade profissional vai crescendo e ficando melhor. Por que será que, apesar de ser cafetina, as pessoas adoram a Cilene?Não sei. Engraçado, não sei se é a minha forma de fazer a personagem... Até mesmo a Djenane, que era tão safada (risos) na Senhora do Destino. Era engraçado juntar aquelas duas putas, uma sempre dando o golpe na outra, e as pessoas não tinham raiva. As pessoas não têm esse olhar com a Cilene, talvez porque ela lide com as meninas de uma forma maternal, sem a exploração.Você disse que seu negócio é ficar. Agora essa declaração está em um monte de sites...É verdade isso, menina (risos)? Que engraçado! Após meu último casamento, percebi que o bom é não esquentar a cabeça (risos)! Ficar junto só se for você na sua casa e eu na minha. Esse negócio de casamento tradicional, quero mais não. Nunca tinha tido a experiência de morar sozinha e, agora, descobri que me dou muito bem comigo mesma (risos)! Gosto muito da minha companhia! Fico na boa na minha casa, no meu cantinho, com minhas coisinhas. Então, é cada um na sua casa e com seu próprio banheiro?Não quero dividir banheiro com ninguém! Tive um namorado e disse para ele: "Olha, tem outro banheiro, então, você usa o outro porque esse é meu". Se esquecer minha calcinha lá no box, não tem ninguém para encher o saco. E quando deixam a tampa do vaso sanitário levantada? É você acordar de madrugada para fazer um xixi, tonta de sono, para cair com a bunda dentro do vaso (risos). Traumatiza qualquer um! Ele não gostou da fala, mas depois entendeu.Também, depois desses argumentos todos...É, mas depois ele até achava que o banheiro era dele (risos)! Sabe que não há diferença. Os homens dizem que mulher vai chegando, coloca as coisinhas lá e vai ficando. Mas homem é igual. No que você abre o seu espaço, meu amor, já era! E para fazer sair depois (risos)?De onde surgiu o boato de você ser filha do Zacarias?Sei lá! Que loucura, menina! Esse povo é maluco, né? Povo doido, que inventa umas coisas!Meu pai deve se revirar no túmulo!  

Mais conteúdo sobre:
Elizângela'A Favorita'

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.