Jason Redmond/Reuters
Jason Redmond/Reuters

Estrela de 'Glee', Mark Salling admite culpa após acusação de posse de pornografia infantil

Ator chegou a um acordo com os promotores do caso em outubro no qual assumia possuir imagens de crianças; a sentença será revelada em março

Associated Press

18 Dezembro 2017 | 23h52

Estrela do seriado Glee, criado por Mark Ormer, o ator Mark Salling se declarou culpado após as acusações de posse de pornografia infantil. Salling entregou sua declaração em um tribunal federal de Los Angeles nesta segunda-seira, 18, e sua sentença será revelada em 7 de março. 

O ator chegou a um acordo com os promotores em outubro deste ano no qual admitia a posse de imagens de crianças. No processo consta que foram encontradas mais de 50 mil fotografias de pornografia infantil em posse de Salling. 

+++ Ator de 'Glee' é preso sob suspeita de possuir pornografia infantil

Promotores e Salling chegaram a um acordo e pedem ao juiz que a pena do ator seja estabelecida entre quatro a sete anos de prisão. Ele também será obrigado se registrar como um agressor sexual, pagar restituição e respeitar as restrições de residência.

Salling interpretava o bad boy Noah 'Puck' Puckerman na série 'Glee'. 

 

Mais conteúdo sobre:
Seriado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.