Esperança? Só na terça-feira

Semaninha infernal, hein? Basta aparecer um feriado e pronto: a programação despenca. Só não morre porque já está lá embaixo. No domingo, nada bate Vestida para Matar, às 22h, no Telecine Cult. O ótimo Michael Caine e uma sensual Angie Dickinson dirigidos por Brian de Palma provam que nada supera inteligência e talento - violência sem banalização, suspense como não se faz mais.

Roberto Godoy, O Estado de S.Paulo

14 de junho de 2009 | 00h15

O resto é o besteirol de sempre. Alguém aí ainda quer ver Eu os declaro marido e Larry? Na terça-feira, todavia, as coisas começam a melhorar. Está prometida a estreia de um pacote de dez episódios do bom Law & Order S.V.U. - às 23h no Universal Channel. O pacote avança pelo satanismo, o tráfico de jovens e a pedofilia internacional.

E é só, caros.

Depois dos repetecos dos episódios finais, as séries legais como Life e Damages, além de House e The Big Bang Theory, entram em regime de hibernação. Resta torcer para que entrem na tela alguns dos filmetes mais velhinhos e bacanas.

Vale a pena, e vale muito, a atração - isso é o que ela é - das segundas-feiras, 21h30, no HBO. Em Terapia reúne um elenco esplêndido, liderado por Gabriel Byrne, o psicoterapeuta Paul Weston. Quem não se identificar com os analisados, bem, deve ter problemas.

Sem aviso prévio, Os Sopranos sumiu. A Máfia vai pegar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.