'ER' e outras séries sobre médicos geram protestos na Itália

ROMA (Hollywood Reporter) - Seriados de TV sobre médicos ousobre a rotina de hospitais passam muitos detalhes de maneiraerrada, e as principais emissoras italianas deveriam evitartransmití-los, disse um grupo médico italiano. Annalisa Silvestro, presidente da Federação Nacional dasFaculdades de Medicina, disse que entre os programas estão asséries norte-americanas "ER", "House", "Grey's Anatomy" e"Scrubs", além de algumas produções italianas que têm suasestréias marcadas para setembro no canal estatal RAI ou noMediaset, de Silvio Berlusconi. A Ordem dos Profissionais de Medicina de Roma concordou coma posição da federação. "Estes programas estão ensinando aos telespectadores visõesimprecisas da medicina", disse Silvestro. "Eles estãoespalhando a desinformação." Não houve comentário sobre se a RAI ou a Mediaset planejamajustar suas programações em resposta aos protestos. (Por Eric J. Lyman)

REUTERS

20 de agosto de 2008 | 15h08

Tudo o que sabemos sobre:
TVITALIASERIESMEDICINA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.