Divulgação
Divulgação

Em ‘Desafio da Beleza’, maquiadores têm de saber como se portar em público e fazer fotos

Nova temporada, que estreia nesta segunda-feira, 4, tenta mostrar que ter talento não é suficiente

João Fernando, O Estado de S. Paulo

04 de agosto de 2014 | 02h00

Acostumados a lidar com instrumentos delicados como pincéis e lenços, os participantes do reality de maquiagem Desafio da Beleza, cuja terceira temporada estreia nesta segunda-feira, 4, às 21 horas, no GNT, tiveram a tensão duplicada ao se deparar com um taco de beisebol dourado. É com ele que o jurado Ricardo dos Anjos costuma assustar os candidatos durante as avaliações. Ele afirma não poder sentir pena de quem vai eliminar. 

“Eu não tenho isso. A gente está em busca de um talento, precisa de uma pessoa que execute tudo da melhor forma possível. Você não fica pensando se o cara comeu ou não, se andou de trem ou a pé. Ninguém quer saber se você sofreu na infância. Eu não sofri”, dispara. A apresentadora Mariana Weickert tenta pegar leve com os pupilos. “Eu sou muito apegada, sei a história de cada um. Para cada convidado que chega, eu conto. Para mim, tem um peso”, disse ao Estado em um intervalo de gravação. 

Agora, além de caprichar no jeito de maquiar, os candidatos ao prêmio de R$ 100 mil têm de saber se comunicar em público e ajudar a dirigir as fotos das modelos maquiadas, pois ganharão contrato com uma empresa de beleza que patrocina a atração. 

“Além da capacidade artística, a pessoa tem de ter mais componentes, saber vender o seu trabalho. Às vezes, fico com pena que uma pessoa talentosa não saiba administrar o tempo ou fique nervosa demais. Mas o mercado e a vida real são só cobrança. Ninguém vai passar a mão na cabeça”, sentencia o maquiador Fernando Torquatto, que funcionará como mentor dos jovens profissionais e dividirá o comando do programa com Mariana Weickert. 

Para que Desafio da Beleza não fique restrito ao público que gosta de maquiagem, haverá foco nos dramas pessoais, como explica o diretor Roberto D’Ávila, da produtora Moonshot Pictures. “A gente tem uma equipe de roteiro para garantir as histórias dessas pessoas e refletir na tela as angústias. A gente faz de tudo para o espectador se afeiçoar a uma delas.”

Tudo o que sabemos sobre:
TelevisãoDesafio da Beleza

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.