Eles não pegam nem gripe

Quem disse que ninguém é de ninguém na TV? Há atores que ainda não deram nem um beijinho

Keila Jimenez, O Estado de S.Paulo

03 Fevereiro 2008 | 00h08

Não existe novela sem beijo. Já ator que nunca beijou em cena... Ah, isso tem aos montes. A lista dos "encalhados" da teledramaturgia é grande e diversificada. Há celebridades que passam anos sem dar uma única e inofensiva bitoquinha no ar. Parece difícil imaginar a "seca" de alguns personagens em tempos em que todo mundo dá beijos escancarados e vai para cama a toda hora nos folhetins. Mas ela existe e não escolhe raça, idade e beleza para atacar.  Veja também:Encalhados, com orgulhoEla ficou 38 anos sem beijarDébora Nascimento que o diga. A bela morena de olhos claros, que vive a personagem Andréia Bijou em Duas Caras, ainda não conseguiu dar seu primeiro beijo no ar. "A minha personagem tinha dois pretendentes, mas de repente ficou sozinha", fala. "Estou ansiosa para dar o primeiro beijo. Já estou em minha segunda novela e até agora nada", completa. "Acho que vou ficar para titia." Segundo a atriz, o fato de ainda não ter beijado em cena tem a ver com o rumo tomado por sua personagem na trama das 9 da Globo. Andréia Bijou é uma passista que tem de escolher entre o carnaval e a missão de se tornar mãe-de-santo da comunidade. "Essa escolha ganhou uma proporção maior na trama, aí o romance ficou de lado", explica ela. "Mas tudo bem, quem sabe na próxima novela eu tiro o atraso", brinca.Gorete Milagres sabe o que é isso. A atriz saiu semana passada do time dos BVs, os bocas-virgens da TV. Após uma década no ar, Gorete deu seu primeiro beijo na ficção, como a personagem Jacira em Amor e Intrigas, da Record."Me senti como uma adolescente. Estava nervosa, tremendo", conta Gorete, que atribui tanto tempo sem beijar ao seu maior sucesso na TV, a personagem Filó. "Amo a Filó, mas ela fechava a porta para outros trabalhos", explica a atriz. "As pessoas agora estão me enxergando como atriz. Esse beijo representa o fim de um preconceito", decreta Gorete, em uma euforia que chegou a incomodar seu marido real. Mas ainda há os que acreditam que beijo apaixonado é coisa apenas para mocinhos lindos e perfeitos. Os feios, desajeitados, engraçados e mais velhos não devem beijar na TV. Coisa que o autor Silvio de Abreu discorda. Mestre em driblar o preconceito criando casais inusitados, Silvio acredita justamente no contrário. Acha que o público quer ver os beijos imprevisíveis e tirar os "encalhados" da fila. "Se o público gosta do personagem, seja ele feio ou bonito, torce para que seja feliz e ache um grande amor." E beije muuuiiiito, é claro.

Mais conteúdo sobre:
novelabeijo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.