Donald Trump combate recessão em nova temporada de 'Aprendiz'

A recessão atingiu os Estados Unidos em cheio, e Donald Trump pretende fazer alguma coisa contra isso em seu reality show "O Aprendiz".

REUTERS

26 de agosto de 2010 | 17h47

A décima temporada do programa apresentado por Trump estreia na NBC em 16 de setembro e terá 16 candidatos "economicamente problematizados" competindo por uma chance de injetar ânimo novo em suas carreiras, disse a rede de TV em comunicado nesta quinta-feira.

Nas últimas três temporadas o programa levou celebridades a se enfrentarem, e o vencedor da temporada mais recente, em maio, foi o roqueiro Bret Michaels. Mas agora "Aprendiz" está retornando a suas raízes populares, com a recessão acrescentando uma pitada de intrigas.

Entre os candidatos "adversamente afetados" estão uma ex-corretora imobiliária da Flórida que é descrita como a atual "Miss Cougar Califórnia" (cougars, ou panteras, são quarentonas ou cinquentonas que costumam namorar homens bem mais jovens), uma ex-Miss Los Angeles que desistiu de seu emprego "horrível" como advogada, um ex-agente publicitário do governador da Geórgia e uma promotora de Nova York "obcecada por segredos de beleza, cabelos e estilo".

O criador do programa, Mark Burnett, disse que milhares de pessoas se candidataram a uma vaga no seriado e que os escolhidos são pessoas "que encarnam o espírito combativo, topa-tudo, que nos faz recordar o que é o sonho americano."

(Reportagem de Zorianna Kit)

Tudo o que sabemos sobre:
TVTRUMPAPRENDIZ*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.