Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Mark Von Holden/Invision/AP
Mark Von Holden/Invision/AP

Demitida de 'O Mandaloriano', Gina Carano vai fazer filme com mídia conservadora

A atriz vai produzir e estrelar um filme para o The Daily Wire, fundado pelo comentarista conservador Ben Shapiro

Lisa Richwine, Reuters

13 de fevereiro de 2021 | 15h47

Gina Carano, atriz de O Mandaloriano que foi retirada do spinoff de Star Wars devido ao que o estúdio chamou de postagens "abomináveis ​​e inaceitáveis" nas redes sociais, disse nesta sexta-feira, 12, que fará um filme com a empresa conservadora The Daily Wire.

O estúdio Lucasfilm, da Walt Disney, informou na quarta-feira, 10, que não trabalharia mais com ela depois que a atriz postou no Instagram traçando paralelos entre a perseguição aos judeus na Alemanha nazista e o tratamento de pessoas que têm opiniões políticas conservadoras hoje.

The Daily Wire disse que Carano irá produzir e estrelar um próximo filme exclusivamente para assinantes de seu site, que foi cofundado pelo comentarista político conservador Ben Shapiro.

Em nota no site, Gina Carano afirmou que estava enviando uma mensagem de esperança a todos que vivem com medo do cancelamento pelo que chamou de "multidão totalitária".

"Eu apenas comecei a usar minha voz, que agora está mais livre do que antes ... Eles não podem nos cancelar se não permitirmos."

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.