REPRODUÇÃO INSTAGRAM
REPRODUÇÃO INSTAGRAM

Demi Lovato revela que sofreu três derrames e um ataque cardíaco por causa das drogas

Cantora deu os detalhes durante as gravações de um documentário chamado 'Dançando com o Diabo', com estreia no YouTube prevista para 23 de março

O Estado de S.Paulo, O Estado de S.Paulo

17 de fevereiro de 2021 | 20h33

A cantora Demi Lovato, de 28 anos, revelou detalhes sobre sua overdose quase fatal que sofreu em 2018. Ela diz pela primeira vez que sofreu três derrames e um ataque cardíaco. A cantora falou sobre o assunto em um documentário de quarto partes intitulado Demi Lovato: Dancing With the Devil (veja o trailer abaixo), que deve estrear no YouTube em 23 de março. Um trailer foi divulgado nesta quarta-feira (17) com um trecho de nova música, que leva o mesmo nome do documentário.

Leia Também

Tudo sobre cinema

Tudo sobre cinema

Em julho de 2018, a pop star foi encontrada inconsciente em sua casa em Los Angeles após uma overdose, meses após uma recaída. Demi, que lutou contra o vício em drogas e álcool nos últimos anos, passou quase duas semanas num hospital antes de se submeter a tratamento em uma clínica de reabilitação e ficar sóbria por meses.

"Tive três derrames. Eu tive um ataque cardíaco. Meus médicos disseram que eu tinha mais cinco a dez minutos. Eu cruzei uma linha que nunca havia cruzado", diz ela no teaser. Seu amigo, o ator Matthew Scott Montgomery, é então mostrado dizendo: "Estamos falando sobre heroína? Estamos fazendo isso?".

No trecho divulgado, Demi também fala sobre suas outras recaídas ao longo dos anos. "Eu tive muito a dizer nos últimos dois anos, querendo esclarecer o que aconteceu... eu tive muitas vidas. Como meu gato, sabe? Estou na minha nona vida", compara.

Tudo o que sabemos sobre:
Demi Lovato

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.