Da massa falida fez-se o prestígio

Atores revivem 'Pantanal' 18 anos depois, e Silvio Santos pega carona no sucesso da novela de 90

Etienne Jacintho, O Estado de S.Paulo

02 de agosto de 2008 | 22h10

"Tibério! Tibério!", grita o público, quando Sérgio Reis sobe ao palco em sua turnê pelo Brasil. Para quem não sabe, Tibério é o nome do personagem do cantor na novela Pantanal. O folhetim de Benedito Ruy Barbosa foi ao ar na extinta TV Manchete em 1990. Produto da Massa Falida da rede dos Bloch, o folhetim foi parar no SBT e lá está em reprise desde 9 de junho. Na semana passada, bateu recorde de audiência na TV de Silvio Santos, com 18 pontos de média - estreou com 8. "Nos meus shows, todo mundo pede as músicas de Pantanal", emociona-se Sérgio Reis.     Veja também: 'Pantanal não daria remake' Quanto vale o show?O cantor diz que só tem motivos para comemorar a reprise. Silvio Santos, além de pagar o cachê a que o cantor tem direito, ainda lhe encomendou canções para a trilha sonora de Revelação, novela de Íris Abravanel que deve estrear em breve no SBT e contará com um núcleo rural. "Também vou fazer um especial de fim de ano na Record." Quando questionado se a reprise da novela abre portas para o artista, a resposta é rápida: "Com certeza! Quem não é visto, não é lembrado!"E o sertanejo não foi o único a ser lembrado. Luciene Adami também tem sido chamada de Guta, sua personagem na trama, onde quer que vá. E mal a novela começou a ser reprisada, um e-mail sobre a atriz chegou às redações de jornais. "Esse é um trabalho incrível", fala Luciene, que nunca esteve distante da TV. Sua última novela foi Cristal, no SBT, há dois anos. Atualmente, ela é a hostess do espetáculo Terça Insana e está ensaiando a peça As Pontes de Madison, com Marcos Caruso e Denise Del Vecchio. "Tenho um currículo equilibrado entre TV, teatro e cinema. Mas adoro televisão e já já volto", garante. Com Luciene, que fez três novelas no SBT, Silvio Santos não economizou verba. "Fiquei surpresa porque recebi tudo o que estava no contrato e ainda me chamaram para pagar um excedente", conta a atriz. "Por mim, a novela tem de passar inteira. Não sei porque encrencaram. Nesse trabalho, todo mundo foi feliz", fala Luciene sobre a ação que o autor Benedito Ruy Barbosa move contra o SBT para tirar a novela do ar. O escritor tem evitado comentar o assunto publicamente. Já Antônio Petrin, que viveu Tenório, o pai de Guta em Pantanal, prefere não opinar sobre o processo judicial, mas diz que acha "ótimo" esse retorno 18 anos depois. "Pantanal foi um fenômeno. A paisagem é maravilhosa e o folclore daquela região também", comenta o ator, hoje reconhecido como Tenório nas ruas. "E veja que estou com essa barba branca... Mesmo assim, me reconhecem." Atualmente, o público conversa com "Tenório" sem raiva, mas, na época, o ator sofreu agressões e teve até sua casa apedrejada. Na trama, Tenório maltrata Maria "Bruaca" (Angela Leal) e mantém duas famílias. A barba que Petrin usa hoje é parte do visual de seu personagem Ermírio em Revelação. Além da trilha sonora de Sérgio Reis, a produção do SBT conta com a atriz Elaine Cristina, a Irma da segunda fase de Pantanal. Ao que tudo indica, Silvio Santos fez uma nova jogada de mestre. Além de lucrar com a exibição do folhetim de maior sucesso da TV Manchete - a novela entrou no ar sem anunciantes e hoje provoca fila de candidatos ao intervalo comercial -, Silvio ainda está promovendo os atores principais e a trilha da Revelação, de sua mulher, antes mesmo de a trama ir ao ar. ALÉM DOS BANHOS DE RIOPetrin lembra que a gravação de Pantanal consumiu quase um ano. Para ele, o segredo do sucesso da novela são os conflitos interessantes e os temas brasileiros tratados com profundidade. "É inovador até hoje", concorda Luciene. Já Sérgio Reis, que vive esse cotidiano sertanejo, afirma que a trama é "verdadeira". Para ele, o fato de a novela ter sido feita no Pantanal contribuiu para que os atores sentissem o clima da região. "Foi tão intenso que, no último dia de gravação da novela, quando todos estavam indo embora, foi uma tristeza só!"

Tudo o que sabemos sobre:
'Pantanal'SBT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.