Criador de Arquivo X seleciona 8 episódios

Chris Carter apresenta os capítulos essenciais da série que conquistou uma legião de fãs fiéis

Etienne Jacintho, O Estado de S.Paulo

06 de julho de 2008 | 00h02

Em 1993, uma série chamou a atenção por unir mistério, eventos sobrenaturais e suspense policial. Era Arquivo X, que revolucionou o gênero e conquistou fãs ardorosos. Os agentes Fox Mulder (David Duchovny) e Dana Scully (Gilliam Anderson) mudaram o perfil dos investigadores do FBI na ficção ao investigar casos sem aparente explicação lógica. Mulder é o detetive que acredita no sobrenatural e na vida em outros planetas - o que gera um questionamento sobre sua própria origem - e Scully tem uma atitude completamente cética. E, os opostos que se chocam, levantam a tensão sexual que permeia as nove temporadas da série.Nesta terça-feira, a Fox lança o box Arquivo X Essencial, com oito episódios escolhidos pelo criador da série, Chris Carter. Ele selecionou aqueles que introduzem personagens e conceitos da série, limitando-se às seis primeiras áureas temporadas. Nessa linha, o capítulo que inicia a coletânea é o Piloto, que marca o relacionamento dos agentes. O segundo eleito, também do 1º ano, é O Vidente, em que Scully tem suas convicções testadas. Os outros são O Hospedeiro (2º ano) - um dos mais cultuados -, O Repouso Final de Clyde Bruckman (3º ano), Lembranças Finais (4º ano), Prometeu Pós-Moderno (5º ano), Vampiros (5º ano) e Milagro (6º ano).

Tudo o que sabemos sobre:
ARQUIVO-XBOXESSENCIAL

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.