Paramount Pictures
Paramount Pictures

Confira 21 filmes clássicos que estão disponíveis em streaming

Listamos algumas opções que estão na Amazon, Disney+, Globoplay, Looke, NetMovies, Oldflix e Telecine, mas as plataformas têm inúmeras produções em seus catálogos

Eliana Silva de Souza, O Estado de S.Paulo

27 de janeiro de 2021 | 11h00

Nesse longo período de isolamento social, por causa da covid-19, poucas foram as chances de sair para um bom programa cultural, como é o caso do cinema. Sendo assim, a alternativa foi se manter em casa e pegar o controle remoto e partir para a busca de alguma boa atração na telinha. Independente do perfil do público, os filmes clássicos são sempre uma opção para uma boa diversão ou mais, agregar um pouco mais de conhecimento da sétima arte.

Procurando em diversas plataformas de streaming, pode-se encontrar um mundo variado de produções que marcaram época, de épocas e gêneros os mais variados. A seguir, algumas dicas do que está disponível na Amazon, Disney+, Globoplay, Looke, NetMovies, Oldflix e Telecine. 

AMAZON PRIME VIDEO

A Felicidade Não se Compra

Frank Capra assina a direção desse clássico de 1947 e que tem no elenco James Stewart, Donna Reed e Lionel Barrymore. É véspera do Natal e George Bailey (Stewart) passa pela maior provação de sua vida, sendo acusado de roubo. Sem enxergar outra alternativa, pensa em se matar. Surge, então, um anjo, que tentará preservar a vida do homem e fará o máximo para isso, pois se tiver sucesso, ganhará suas tão desejadas asas. E o ser celestial vai mostrar para George o que ocorreria se ele nunca tivesse nascido.

 

Não Somos Anjos

Filme de 1955 dirigido por Michael Curtiz mostra três prisioneiros, que conseguem escapar da Ilha do Diabo e acabam em uma cidadezinha pacata. Com boas intenções, os fugitivos acabam conquistando a confiança de uma família, que passa a tratá-los como se fossem parentes. Com o passar do tempo, a ligação entre os habitantes da casa e os forasteiros fica mais próxima e os planos iniciais passam a ter um novo sentido. No elenco, Humphrey Bogart, Aldo Ray, Peter Ustinov, Basil Rathbone, Leo G.Carrol, Joan Bennet e Gloria Talbott.

Cinderela em Paris

Audrey Hepburn e Fred Astaire estrelam esse clássico de 1957. Dirigido por Stanley Donen, o musical é baseado em sucesso na Broadway, de George Gershwin. Mago da dança, Astaire vive um fotógrafo de moda, que é encarregado de encontrar caras novas e acaba se envolvendo com Jo Stockton (Audrey). Mas ela se torna uma top model, o que atrapalhará o relacionamento.

DISNEY+

20.000 Léguas Submarina

Dirigido por Richard Fleischer, o filme de 1954 é uma adaptação da obra de Júlio Verne, e tem no elenco Kirk Douglas, James Mason, Paul Lukas, Peter Lorre. Em meio a inúmeros desaparecimentos de navios e ataques misteriosos, uma equipe com especialistas parte em busca de respostas. Eles precisam acabar com um tal monstro que é o responsável pelos ataques.

A Espada Era a Lei

Animação de 1963 é dirigida por Wolfgang Reitherman e tornou-se um clássico ao contar a lenda do Rei Arthur. Na Idade Média, uma espada fincada em uma pedra tornará rei da Inglaterra quem conseguir arrancá-la. Longe de pensar que conseguiria esse feito, o jovem Arthur conhece o mago Merlin e, com sua ajuda e da coruja Arquimedes, o menino terá um futuro mágico.

A Noviça Rebelde

Um dos maiores clássicos do cinema musical, o filme estreou em 1965 com direção de Robert Wise e baseado no musical de Hammerstein e Rodgers. Em meio à ingerência do nazismo na Áustria, uma amável noviça chamada Maria (Julie Andrews), que não consegue seguir as regras do convento, vai trabalhar como babá na casa da família Trapp, que vive sob as rígidas regras do capitão Von Trapp (Christopher Plummer), um viúvo que tem sete filhos. Lá, ela conquista as crianças e o pai delas, mas eles precisam escapar dos nazistas.

 

LOOKE

Sissi

Filme de 1955 traz a história da jovem Sissi, interpretada pela eterna Romy Schneider. Na trama, a garota acompanha sua irmã mais velha durante a recepção ao imperador austro-húngaro Franz Josef (Karlheinz Böhm), momento em seria oficializado o noivado dos dois. Mas Sissi surge em sua vida e, sem saber que ela é irmã de sua futura noiva, o rapaz se apaixona por ela.

 

Ardida Como Pimenta

Comédia musical de 1953 foi dirigida por David Butler. A produção conta a história da temida pistoleira Calamity Jane (Doris Day), que tem uma personalidade forte e forma de agir destemperada. Ela nutre uma paixão secreta por Danny Gilmartin (Philip Carey), mas o homem a vê apenas como uma boa amiga. Calamity é encarregada de buscar uma nova cantora para o saloon, Katie Brown (Allyn Ann McLerie). As duas se tornam amigas, mas Calamity terá surpresas nada boas.

O Falcão dos Mares

Raoul Walsh dirige esse filme de 1951 de ação e aventura pelos mares, protagonizado por Gregory Peck. O pequeno navio Lídia é comandado pelo capitão Horatio Hornblower (Peck) numa perigosa missão que parte da Inglaterra e chega a uma fortaleza na América Central. O capitão se apaixona por Lady Barbara (Virginia Mayo), irmã de um duque e futura mulher do seu maior rival.

NETMOVIES

O Garoto

Dirigido e protagonizado por Charles Chaplin, o filme de 1921 traz a história de um menino que é abandonado por sua mãe em uma limusine. No entanto, o carro é roubado e a criança é deixada em uma lata de lixo. E eis que um vagabundo acaba encontrando o bebê e passa a cuidar dele. Cinco anos depois, a mulher tenta encontrar o filho perdido.

Bar Esperança

Comédia de 1983 dirigida por Hugo Carvana, que também atua, e tem no elenco Marília Pêra, Maria Gladys, Louise Cardoso, Antonio Pedro, Anselmo Vasconcelos, Thelma Reston. Anna Moreno vive com o marido Zeca um casamento com momentos incríveis e outros desastrosos. Atriz, mãe de dois filhos, Anna atua em uma novela de sucesso, interpretando uma personagem que é odiada pelo público. Zeca é escritor e autor de teatro e TV, entrará em crise e passará por transformações radicais. As diversas histórias dos personagens são conhecidas nos papos que rolam no bar cenográfico criado por Mário Monteiro.

A Bolha Assassina

Terror e ficção científica dominam esse clássico de 1958, que teve direção de Irvin S. Yeaworth Jr. e Russell S. Doughten Jr. Após um enorme meteoro cair na terra, o jovem Steve Andrews (Steve McQueen) resolve ver o que aconteceu e descobre que, no local da queda, está crescendo uma substância gosmenta e rosa. Logo, pessoas começam a desaparecer e a única explicação possível é a bolha rosada assassina, que está sugando a vida de indivíduos para se alimentar, só que ao relatar o ocorrido ninguém além da namorada de Steve acredita nele.

TELECINE

Doze Homens e Uma Sentença

Lançado em 1957, filme dirigido por Sidney Lumet se passa no ambiente de um tribunal. Trata-se do julgamento de um jovem acusado de ter matado o próprio pai. Caso o júri acredite na culpa do rapaz e vote de forma unânime, o réu será condenado à morte. Ao todo são 12 jurados que precisam chegar a veredicto, no entanto, o número 8 (Henry Fonda) acredita na inocência do garoto e tenta convencer seus colegas a repensarem a sentença. 

Quanto Mais Quente Melhor

Dois amigos, Joe (Tony Curtis) e Jerry (Jack Lemmon), são músicos e estão desempregados e, para piorar um pouco mais a situação, eles testemunham o Massacre do Dia de São Valentim. Obrigados a deixar a cidade, eles arrumam emprego em uma banda de garotas. A única saída será se disfarçarem de mulheres e se juntarem à trupe. Mas a confusção piora quando Joe se apaixona pela vocalista (Marilyn Monroe) e um milionário se apaixona por Jerry. Dirigido por Billy Wilder, o filme é de 1959 e venceu o Oscar de Melhor Figurino.

 

O Poderoso Chefão

Francis Ford Coppola assina um dos grandes filmes de Hollywood, com Marlon Brando dando vida a Don Corleone, o chefe de uma das famílias de mafiosos italianos mais respeitadas de Nova York. Quando ele é ferido e fica à beira da morte, o filho Michael (Al Pacino) toma as rédeas da situação para acabar com o responsável e manter a honra do pai intacta. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.