Comédias para passar o tempo

Há tempos, as únicas comédias bacanas na telinha paravam no circuito The Office, Everybody Hates Chris e My Name Is Earl. Mas quatro séries estrearam segunda-feira na Sony e duas delas são bem divertidinhas. Samantha Who? é a melhor, afinal, quem não ri com Christina Applegate, a eterna Kelly Bundy? Samantha Who? é uma espécie de My Name Is Earl de saias, mas, como diz um amigo, a loira pode imitar, pois é sempre engraçada! My Boys, outra das estreantes, tem bons diálogos e situações que causam identificação com as espectadoras. Pelo menos comigo foi assim e acabei rindo da minha própria cara! Isso até é bom... Já Rules of Engagement, apesar de ter David Spade - Just Shoot Me era o máximo -, não causa muitas reações, assim como Big Day. O mais difícil de encarar nas segundas da Sony são os esquetes insuportáveis das tais confissões de uma mente perigosa. Que raiva daquilo! Texto batido e situações lugar-comum estão naqueles quadros infames que são repetidos à exaustão em todos os intervalos. Haja paciência! Se mulher hoje pensa assim como a Sony pinta, só posso gritar por socorro!Mudando de assunto radicalmente, das piadas americanas para a corte inglesa do século 16, estou viciada em The Tudors. Confesso que não me ligo em séries históricas, mas a atração do People + Arts tem uma vantagem: atores lindos. Desculpem meu momento mulherzinha, mas o que foi a queda de braço entre o rei Henrique VIII (Jonathan Rhys Meyers) e o duque Charles Brandon (Henry Cavill)? Que bíceps! Que closes! Não sei quem é melhor, só sei que passei mal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.