Com equipe fechada, Fátima grava dia 30

A Globo ajusta detalhes finais para que cenário, equipe, figurino e roteiro do novo programa de Fátima Bernardes estejam concluídos até 30 de maio, data agendada para a gravação do primeiro piloto do novo produto matinal. A partir da estreia, prevista para junho/julho, parte do staff que vinha se dedicando à criação do projeto - como Guel Arraes, Cláudio Manoel e Geneton Moraes Neto - vai se afastar do dia a dia do programa, prestando-lhe, a partir de então, apenas uma espécie de consultoria. Estão fechados na equipe os atores Marcos Veras e Gregório Duvivier, os jornalistas Lília Telles e Lair Rennó e o Titã Branco Mello. Falta definir o título. Nomes provisórios não faltam.

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

14 de maio de 2012 | 08h36

61% na classe C, e 32% no nicho A/B, é o crescimento apontado pelo Ibope para o Telecine Action desde que o canal passou a adotar a opção de filmes dublados. No total, o Action subiu 47%.

'No duro! Mas ele é bom mesmo, ele é muito bom!' Silvio Santos, ao ver o neto Tiago Abravanel no musical Vale Tudo, como Tim Maia, sábado, com sua Íris Abravanel.

La Reina de La Chatarra, coprodução entre a Globo e a TV Azteca para uma versão mexicana de Rainha da Sucata, já está em pleno processo de produção no México. De Silvio de Abreu, a novela original é de 1990.

A Globo tem hoje pelo menos três folhetins de seu acervo em fase de coprodução para novas versões no exterior. Além de Rainha da Sucata, prepara Fina Estampa com a Telemundo, canal hispânico dos Estados Unidos, e Dancin’Days com a SIC, em Portugal.

O CQC repercute na edição do programa de hoje, pela Band, o boletim de ocorrência que o repórter Maurício Meirelles registrou em Curitiba contra o vereador João Cláudio Derosso. O político jogou o microfone do repórter do 4º andar, ao se irritar com uma pergunta sua, na edição passada.

A direção da RedeTV! tem fé que o Saturday Night Live lhe dê melhor custo-benefício que o Pânico. Acredita que o humorístico, com cinco das seis cotas de patrocínio já vendidas, também atrai anunciantes e ainda custa menos à casa.

A Record pode rufar tambores com audiência matutina, cujos números foram iguais aos da Globo em abril, em São Paulo, mas pode executar a marcha fúnebre na faixa nobre, horário mais caro da TV.

A audiência do OCN, os "Outros Canais", como são chamados pelo Ibope os canais UHF e pagos, tem superado com louvor a da Record, não só na faixa nobre, mas também à tarde. Na quinta-feira passada, isso ocorreu do Tudo a Ver (14h35) até o Dr. House (0h48).

De políticos a artistas e esportistas, baianos ilustres têm sido convidados a honrar a festa de lançamento que a Globo promove para a nova versão de Gabriela em Salvador, cidade fora do eixo habitual dos eventos da emissora, agora contemplada graças a Jorge Amado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.