Paul Buck/EFE - Arquivo
Paul Buck/EFE - Arquivo

Charlie Sheen perde a guarda dos filhos

Ator teria ameaçado a ex-mulher Brooke Mueller na semana passada

Estadão.com.br

02 de março de 2011 | 12h12

Charlie Sheen perdeu a guarda dos filhos mais novos nesta quarta-feira, 2. Segundo a revista People, a polícia esteve na mansão do ator em Beverly Hills e levou as crianças. A providência foi tomada depois que sua ex-mulher Brooke Mueller ganhou uma ordem de restrição contra Sheen, que o proíbe de se aproximar dela.

A atriz alega que foi ameaçada física e verbalmente por ele. "Estou muito preocupada com o fato de Sheen estar realmente louco", disse à revista. Ela afirma que tem medo de ser atacada pelo ex-marido ou que ele faça algo contra os gêmeos, hoje com dois anos de idade.

O juiz Hank M. Goldberg tirou a custódia de Sheen e o proibiu de se comunicar ou se aproximar de Brooke Muller e as crianças. A atriz afirma que ele pegou os filhos em sua casa sem sua permissão em 26 de fevereiro e que a impediu de vê-los desde então. Segundo ela, quando tentou buscar as crianças, foi ameaçada. "Vou cortar sua cabeça fora e colocar um uma caixa para mandar para sua mãe", teria dito o ator.

Sheen afirmou à revista que está disposto a disputar a guarda das crianças. Na semana passada, a CBS e a Warner Bros cancelaram a série Two and a Half Men depois que Sheen fez uma série de xingamentos contra o criador da série.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.