Charles Sykes/AP - 8.4.11
Charles Sykes/AP - 8.4.11

Charlie Sheen homenageia marido de viúva em Toronto

Fã pediu que o ator fizesse um brinde em homenagem ao companheiro e foi atendida

EFE

15 Abril 2011 | 17h29

O ator Charlie Sheen surpreendeu a plateia de seu show em Toronto ao cumprir a lei local e não ter fumado no palco e por ter realizado o pedido de uma viúva canadense ao brindar à saúde das cinzas de seu marido.

Wendy Newman, uma canadense que se tornou fã de Sheen após a morte de seu marido, tinha solicitado que durante a representação em Toronto do espetáculo My Violent Torpedo of Truth o ator brindasse à saúde de seu marido.

Segundo disse a imprensa local, Newman se apresentou na noite de quinta-feira no teatro Massey Hall de Toronto com uma urna que continha as cinzas de seu marido. No final do espetáculo, Sheen abraçou a viúva e brindou à saúde de seu marido como era seu desejo.

O gesto foi aplaudido pelo público e serviu para minimizar a imagem de "bad boy" que Sheen manteve nos últimos meses.

Outra situação que chamou a atenção do público foi o fato do ator ter cumprido as leis da cidade e não ter fumado no palco do Massey Hall, apesar dos gritos da plateia que o encorajava a ignorar as normas provinciais.

Sobre o palco, Sheen levou um cigarro falso, que emitia vapor de água e quando o ator precisou de "uma dose de nicotina", interrompeu a representação durante uns minutos e saiu para fumar.

Mais conteúdo sobre:
Charlie SheenTwo and a Half Men

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.