Dana Starbard/AMC
Dana Starbard/AMC

‘Charlie Manx é um vilão com código moral’, diz Zachary Quinto sobre ‘NOS4A2’

Baseada em livro de Joe Hill, série da AMC estreia neste domingo

Thaís Ferraz, Especial para O Estado

02 de junho de 2019 | 03h00

Com base no livro homônimo de Joe Hill, a série NOS4A2 (Nosferatu) estreia nesta segunda-feira, 2, no canal AMC. Metade do gênero terror, metade do gênero coming-of-age (história de transição da adolescência para a vida adulta), o thriller gira em torno de dois personagens: Charlie Manx, figura vampirística que se alimenta da alma de crianças, e Vic McQueen, adolescente dotada de poderes paranormais. 

Na trama, Charlie Manx, interpretado por Zachary Quinto (Star Trek), sequestra crianças que são ou se sentem abandonadas pelos pais. Prometendo levá-las a uma terra onde todo dia é Natal, Manx as atrai para seu carro, um misterioso Rolls Royce Wraith de 1938. No caminho, rejuvenesce sugando a alma dos pequenos, que mais tarde têm seus restos depositados na prometida Christmasland.

“Charlie Manx é um vampiro manipulador, mas acredita que está fazendo o bem para as crianças que rapta”, afirmou Zachary Quinto ao Estado, em evento no Brasil. “Estamos tratando de um vilão complexo, que tem um código moral”.

Não é a primeira vez que Zachary interpreta um ‘cara mau’. Em 2007, deu vida ao serial killer Sylar na série Heroes e, em 2012, assumiu o papel do macabro Dr. Oliver Thredson em American Horror Story: Asylum – trabalho que lhe rendeu indicação ao Emmy. “A princípio, eu não estava afim de assumir outro papel de vilão”, conta Zachary, “mas há algo que traz esses personagens para mim”.

A antagonista de Manx, Vic McQueen (Ashleigh Cummings), é uma garota da classe trabalhadora, que sonha em fazer faculdade de artes mas teme ter o mesmo destino da mãe, uma faxineira que trabalha para famílias ricas. Lida com um pai amoroso, mas violento. E, em meio aos dramas da própria vida, descobre ser capaz de encontrar qualquer coisa desaparecida – de chaves perdidas a crianças sequestradas. 

“O enfrentamento entre os dois protagonistas não é tão óbvio. Em um primeiro momento, Charlie se sente ameaçado por Vic”, explica Quinto, “mas, depois, o medo se transforma em curiosidade para, enfim, virar uma espécie de fascinação”. 

Para Quinto, a série traz novos ingredientes para o gênero ‘terror com vampiros’. “NOS4A2 não é só um thriller. Ele aborda a questão da família e o despertar de Vic”, diz. “São duas histórias paralelas”. O ator também afirma que a trama ganha fôlego ao trabalhar com nuances. “Em NOS4A2, o espectro entre bem e mal é estendido”. 

Transformação. Como criatura vampírica capaz de rejuvenecer, Charlie Manx tem quatro fases, em que aparenta ter 40, 65, 95 e 135 anos. 

Para viver o personagem, Zachary, que tem 41 anos, passa bastante tempo na maquiagem. Para interpretar o Manx mais velho, de 135 anos, são quase 3 horas e meia de preparo. “Eu uso muito o celular enquanto espero”, brincou o ator. 

Veja o vídeo da transformação:

 

Matérias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    televisão

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.