Cartas

Salvatore é um nome italiano, alguém duvida? Por que razão então os atores da novela A Favorita, da Globo, insistem em ignorar a pronúncia correta do nome, com Ô fechado, referindo-se ao advogado da família como "Salvatóre?" Um pouco de respeito aos nossos antepassados e à cultura italiana cairia bem...Eliana Pacepacecon@uol.com.brBasta morrer alguém importante para as emissoras tentarem sugar até o último suspiro do acontecimento. Com Dercy não foi diferente. Todas as emissoras estão reprisando suas entrevistas, repórteres brigam dizendo que foram os últimos a entrevistá-las, programas da tarde fazem mini-especiais com a humorista. Não sou contra homenagens, mas acho terrível essa repetição exploradora.Berenice Campos SerenoSão Paulo, SPComo estudante de Direito, confesso que me senti vingado com a reportagem do TV & Lazer do dia 20. São inúmeros os absurdos jurídicos cometidos pelas novelas, a começar por interdições, testamentos, prisões descabidas, tudo em nome de uma ficção que deveria se preocupar com o que propaga. Tudo bem que novela não é curso de Direito, mas contar mentira, em algumas áreas, é desinformar.Jean Carlo Virattijeancarlov@hotmail.com

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.