REUTERS/Andrew Kelly
REUTERS/Andrew Kelly

Brasil passa em branco no Emmy Internacional 2017

Entre os indicados brasileiros estavam o programa Porta dos Fundos, o ator Julio Andrade e a atriz Adriana Esteves

AP

21 de novembro de 2017 | 09h23

NOVA YORK - Kenneth Branagan levou o Emmy Internacional para melhor ator, e Anna Friel foi a atriz escolhida na edição 2017 do prêmio, entregue numa cerimônia na noite desta segunda-feira, 20, em Nova York. As produções brasileiras dessa vez não levaram nenhum prêmio.

Os atores estavam entre os 11 vencedores, entre profissionais e programas, de oito países: Bélgica, Canadá, França, Alemanha, Noruega, Turquia, Reino Unido e Estados Unidos.

Os prêmios são apresentados anualmente pela International Academy of Television Arts & Sciences, que representa mais de 60 países e 500 empresas de todos os setores de TV, incluindo internet e tecnologia móvel.

Entre os indicados brasileiros, estavam os programa Porta dos Fundos e Tá no Ar: A TV na TV, o ator Julio Andrade (por Um Contra Todos), a atriz Adriana Esteves (por Justiça) e as novelas Totalmente Demais e Velho Chico.

Branagh levou por sua interpretação do detetive Kurt Wallander, na série Wallander, da BBC, e Friel também levou por uma série britânica, Marcella.

Outros vencedores incluem as séries Hip-Hop Evolution (Canadá), Mammon II (Noruega) e a telenovela Kara Sevda (Turquia).

A homenagem da noite foi entregue para Emilio Azcarraga Jean, chefe do Grupo Televisa, o maior provedor de conteúdo em língua espanhola do mundo.

Tudo o que sabemos sobre:
Prêmio Emmy

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.