Saeed Adyani/Netflix
Saeed Adyani/Netflix

'Bird Box', filme da Netflix, bate a marca de 80 milhões de espectadores

Filme com Sandra Bullock se passa em uma sociedade pós-apocalíptica onde sobreviventes precisam usar vendas

Jill Serjeant e Lisa Richwine, Reuters

18 Janeiro 2019 | 14h11

Mais de 80 milhões de assinantes assistiram ao thriller Bird Box em suas quatro primeiras semanas, informou a Netflix na quinta-feira, 17, mas a gigante de streaming não divulgou nenhum dado de visualização sobre Roma, título cotado para o Oscar.

Bird Box, filme protagonizado por Sandra Bullock que se passa em uma sociedade pós-apocalíptica onde sobreviventes precisam usar vendas, foi lançado na Netflix no dia 21 de dezembro e popularizado por uma campanha viral em que fãs publicaram seus próprios “desafios Bird Box” em redes sociais.

A Netflix não costuma divulgar regularmente dados de visualização de seus filmes ou séries, como fazem estúdios cinematográficos ou emissoras tradicionais. Entretanto, a companhia revelou alguns poucos números em seu balanço do quarto trimestre de 2018 na quinta-feira, quando reportou renda trimestral ligeiramente abaixo do esperado.

A Netflix disse em comunicado que, com filmes como Roma, do diretor mexicano Alfonso Cuarón, está “começando a ter nossa oferta de filmes originais refletindo o sucesso de nossas séries”.

Entretanto, a empresa de streaming não forneceu nenhum dado sobre o público de Roma, que ganhou dois Globos de Ouro no início de janeiro e deve ser indicado ao Oscar na próxima semana.

A Netflix disse que outros sucessos recentes incluem a série de thriller romântico You e a série de comédia britânica Sex Education, que devem ser assistidas por mais de 40 milhões de assinantes em suas quatro primeiras semanas.

Dados também não foram revelados sobre outros conteúdos de destaque, incluindo o filme interativo Black Mirror: Bandersnatch e a comédia de Jennifer Aniston Dumplin.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.