Reuters
Reuters

Bem sucedida, 'Breaking Bad' termina após a 5ª temporada

Bons números de audiência na atual temporada podem ter facilitado as negociações com a emissora AMC

Jill Serjeant, REUTERS

15 de agosto de 2011 | 17h35

LOS ANGELES (Reuters) - A premiada série dramática "Breaking Bad" ganhará uma quinta e última temporada, o que significa que chegará ao final apesar da boa audiência obtida pela sombria trama em que um pai de família vira chefão do tráfico.

O canal a cabo AMC disse ter encomendado mais 16 episódios. A produção será feita no começo de 2012, mas ainda não há data de exibição definida.

"Breaking Bad" estreou em 2008 e rendeu três prêmios Emmy ao seu protagonista, Bryan Cranston, e ao coadjuvante Aaron Paul.

O criador Vince Gilligan disse que o anúncio do final da série foi "um grande presente", pois lhe "permitirá construir adequadamente a história até uma conclusão satisfatória".

Na série, o pacato professor de química Walter White recebe um diagnóstico de câncer e secretamente começa a produzir metanfetaminas para garantir o sustento da sua jovem família após a sua morte.

A quarta temporada começou em julho, e o AMC disse que a audiência nunca foi tão boa - o total de espectadores cresceu 28 por cento em relação a 2010.

O anúncio feito pelo AMC no domingo ocorreu após uma dura negociação. A certa altura, os produtores ameaçaram procurar o canal rival FX para oferecer a temporada final.

O AMC está em fase de contenção de gastos, por ter investido muito em "Mad Men". Por isso, o canal queria fazer uma temporada resumida, com seis a oito episódios, para encerrar "Breaking Bad".

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
TVBREAKINGBAD*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.