'Bela Cozinha' estreia a segunda temporada

Gilberto Gil abre a nova fase do programa da filha

João Fernando, O Estado de S. Paulo

15 Setembro 2014 | 19h37

RIO - Basta sair do quarto que Bela Gil chega ao trabalho. É com essa facilidade que a nutricionista e chef gravou a segunda temporada de seu Bela Cozinha, que estreia nesta terça, às 22 horas, no GNT. A nova leva de episódios foi rodada na cozinha do apartamento de seu pai, o cantor Gilberto Gil, na zona sul do Rio, em que a equipe de produção da Conspiração se espreme no corredor e no hall de entrada para se esconder atrás das câmeras.

Dar de cara com um set montado em casa, com desconhecidos espalhados pela sala não preocupou Gil, que, na maior parte do tempo, viajou em turnê. “Achei bom para ela estar em um ambiente que já conhece, impregnado dessa coisa afetiva na casa dos pais e dos irmãos. É mais confortável em casa, o incômodo fica em segundo plano”, minimiza o cantor, em conversa com o Estado, no intervalo da gravação. 

O encontro de pai e filha vai ao ar na estreia, regada a comida baiana. “Sugeri a ela que tivesse um enfoque das culinárias de forte dimensão cultural. No meu caso, sugeri a baiana, uma marca forte da culinária brasileira influenciada pela vida cultural e religiosa”, explica o cantor. Desta vez, Bela consulta os convidados de cada edição sobre o que preferem. “Mando um questionário para saber se a pessoa tem restrição alimentar. A gente não fez isso na primeira temporada e rolaram algumas gafes”, confessa a chef. Nos primeiros episódios, era possível ver as saias-justas sobre ingredientes que os visitantes tiveram de - literalmente - engolir na atração.

Formada em nutrição em Nova York, Bela Gil se diferencia de seus colegas de fogão do GNT por ensinar até as propriedades medicinais de cada alimento. “Faço questão de explicar os benefícios e malefícios. Não é um programa de culinária, ele está na grade de bem-estar/saúde. Acho que o sucesso vem dos porquês das coisas”, avalia a jovem de 26 anos. O Bela Cozinha se tornou um dos hits do canal e melhorou a audiência da faixa. Por isso, a segunda temporada foi gravada enquanto a primeira ainda estava no ar. Há ainda a possibilidade de uma edição de verão.

Apesar da presença de uma chef em casa, Bela não comanda a cozinha do lar. “Ela está voltada para o trabalho dela. A cozinha da casa está por conta da Cleo, que tem influência na formação da própria Bela”, revela Gil. “Mas quando vem visita, minha mãe sempre pede para eu fazer alguma coisa”, entrega a nutricionista, que cogita abrir um restaurante no Rio.

Por enquanto, Bela coordena um spa itinerante, em parceria com professores de ioga. Nos anos em que morou em Nova York, quebrava a rotina saudável comendo pizza com vinho. Ela se preocupa com a alimentação da filha, Flor, de 5 anos. “Se ela quiser beber refrigerante, vai ter de esperar fazer 18 anos.”

* O REPÓRTER VIAJOU A CONVITE DO CANAL GNT

Mais conteúdo sobre:
Bela Cozinha Gilberto Gil Bela Gil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.