'BBB11' teve menos ibope e mais ações

04 Abril 2011 | 11h27

 

Não fosse a Samsung - marca do tablet distribuído pela Globo como brinde aos convidados da festa de sua programação, semana passada -, o BBB 11 teria fechado suas contas com 267 ações de merchandising a menos que o BBB 10. Só a marca, estampada no telão onde Pedro Bial surgia, foi alvo de 1.260 ações contabilizadas pela Controle da Concorrência, empresa que monitora inserções publicitárias. Com 1.719 ações no total, o BBB mais que dobrou o número de ações de 2010 (716), apesar de ter somado menos anunciantes (21, ante 26 do BBB 10) e o menor ibope de sua história - 29% na final. Nos intervalos, as duas edições empatam em 10 horas e 2 minutos de comerciais em 3 meses.

 

Está no ar

Flávia Freire visitou freguesias internacionais para dar cabo da nova série dos telejornais locais de São Paulo na Globo, RespirAr, que estreia hoje.

 

10%

foi o que cresceu a audiência da Band na faixa noturna (18h à 0h) em março, em relação a março de 2010, segundo o Ibope na Grande São Paulo

 

 

   
O que dificulta nosso Ídolo virar ídolo é que as outras emissoras não o recebem após o fim do programa, como é nos EUA’ Mafran Dutra, executivo da Record  
   

 

 

É esperada para 2012 a remoção de todos os minutos que o bispo R.R. Soares ainda detém na faixa nobre da Band. Assim reza a torcida, calçada em cálculos objetivos, de parte do staff da emissora.

 

Hepatites são o novo alvo de Drauzio Varela para o Fantástico. Em coprodução da Varal Produções com a Globo, a futura série do doutor começa a ser gravada esta semana para ir ao ar em julho.

 

Antes, o Fantástico põe no ar outra série inédita do doutor Drauzio, sobre diabetes. Com 4 episódios, tem estreia prevista para domingo.

 

Enquanto isso, Zeca Camargo, que encara a perda de peso em forma de série no Fantástico, tem sido policiado até por garçons, dispostos que estão a incentivar sua meta. Outro dia, no Carlota, ouviu de um deles que talvez fosse melhor evitar vinho.

 

A estreia de Robin Hood no Telecine Premium, dia 26, levou o canal à liderança de audiência na TV paga em seu horário de exibição (22h05 à 0h24) e à 3.ª posição entre o total de canais (incluindo abertos), o que é um feito e tanto.

 

A HBO prevê para agosto/setembro a estreia de Prófugos (Fugitivos), produção chilena e 7.ª obra do canal na América Latina. A trama versa sobre quatro homens envolvidos em operação do narcotráfico na fronteira entre Chile e Bolívia.

 

O Multishow registra nesta quarta, em São Paulo, o show do Miami Horror, banda da vez na Austrália, no embalo do synth-pop, um house funkeado com referências dos anos 80.

 

Com parceria em 16 universidades nacionais, 6 instituições acadêmicas nacionais e 3 internacionais, o Globo Universidade, projeto implantado em 1999, está completando três anos na TV.

Mais conteúdo sobre:
sem intervalo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.