Tom Jamieson/The New York Times
Tom Jamieson/The New York Times

Atriz de 'Game of Thrones' diz que já perdeu papéis por se recusar a flertar em audições

Em entrevista à sua colega de elenco Maisie Williams, Lena Headey criticou a forma como Hollywood trata as mulheres

O Estado de S.Paulo

07 Julho 2017 | 10h42

A atriz britânica Lena Headey, que vive a rainha Cersei Lannister na série Game of Thrones, fez duras críticas à forma como as mulheres são tratadas em Hollywood em uma nova entrevista para a revista Net-A-Porter, conduzida por sua colega de elenco, Maisie Williams, que vive Arya Stark na série da HBO. 

Ao falar sobre o assunto, Headey lembrou de um antigo conselho que recebeu. "Quando eu estava nos meus 20 anos, e fazendo várias audições através de fitas VHS nos EUA, um diretor de elenco me disse: 'Esses homens levam as fitas para casa, assistem e se perguntam com quem eles transariam'."

"Eu nunca fiz isso", revelou a atriz. "Eu nunca fiz esse jogo de ir para audições e flertar." Questionada por Maisie se isso já tinha feito ela perder papéis, a veterana confirmou que sim. "Mas estou bem feliz por nunca ter feito isso."

Lena Headey também explicou as diferenças de tratamento entre homens e mulheres em Hollywood. "Eu estou feliz que estou mais velha, vivendo mulheres que não precisam ser lindas", confessou. "A pressão já passou para mim. Atores podem ser 'interessantes', mas há uma pressão real nas mulheres para serem lindas e magras."

Tanto Lena quanto Maisie Williams reprisam seus papéis de Cersei e Arya na sétima e penúltima temporada de Game of Thrones, que estreia no dia 16 de julho na HBO. 

Mais conteúdo sobre:
Game Of Thrones

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.