Mark J.Terrill|AP
Mark J.Terrill|AP

Ator e comediante Garry Shandling morre aos 66 anos

Causa da morte não foi confirmada pela Polícia de Los Angeles, chamada para atender uma ‘emergência médica’ na casa do ator

Redação, AP

24 de março de 2016 | 19h07

Garry Shandling, o ator e comediante pioneiro do docudrama autobiográfico The Larry Sanders Show, morreu nesta quinta-feira, 24. Tony Im, da polícia de Los Angeles, confirmou a informação, mas as autoridades não indicaram a causa da morte. O ator tinha 66 anos.

Im disse que os agentes foram à casa do comediante depois de receberem uma chamada de emergência médica. Shandling foi levado ao hospital, onde foi declarado morto. O policial não quis dar mais detalhes sobre o momento da ligação e o tipo de emergência que atendeu. E disse que a polícia investigará o caso.

Garry Shandling nasceu em Chicago, em 29 de novembro de 1949, e, depois de uma breve temporada trabalhando com publicidade, começou a escrever comédia e stand-up. Na década de 1980, iniciou experiências com a comédia na televisão em sua primeira série It’s Garry Shandling’s Show.

Em agosto de 1992, ele criou sua obra-prima, The Larry Sanders Show, que conduzia como um apresentador egocêntrico de um programa noturno de televisão, com uma vida de celebridade cheia de ansiedade por trás das câmeras.

Tudo o que sabemos sobre:
Los AngelesCulturaTelevisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.