Jordan Strauss/AP
Jordan Strauss/AP

Ator da série 'Glee' se interna em clínica de reabilitação

Cory Monteith já tinha divulgado que enfrentou problemas com drogas durante a adolescência

Chris Michaud, Reuters

01 de abril de 2013 | 14h34

O astro da série "Glee" Cory Monteith deu entrada em uma clínica de reabilitação para ser submetido a tratamento para dependência de uma substância não especificada, disse seu agente nesta segunda-feira.

Monteith, que interpreta Finn na popular série de televisão, "pede respeito e privacidade enquanto toma as medidas necessárias para sua recuperação", afirmou o agente em um comunicado.

Segundo a nota, Monteith tomou voluntariamente a decisão de procurar tratamento na clínica. Não foram informados detalhes da natureza do vício, apenas que é uma "dependência de uma substância".

O ator canadense estrela a série musical desde 2009 como o atleta e cantor Finn Hudson, mas deve ficar ausente dos episódios finais desta temporada.

Lea Michele, namorada do ator que também atua em "Glee", divulgou um comunicado dizendo: "Eu amo a apoio Cory e vou dar apoio para que ele atravesse isso. Estou grata e orgulhosa por ele ter tomado essa decisão".

Nos últimos anos, Monteith falou abertamente sobre o que ele caracterizou como um sério problema com drogas durante o início de sua adolescência e sobre sua internação em uma clínica de reabilitação quando tinha 19 anos.

A 20th Century Fox Television também emitiu um comunicado de apoio, dizendo que o seriado está ansioso pelo retorno do ator.

Tudo o que sabemos sobre:
Gleereabilitação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.