Reprodução
Reprodução

Ator Antônio Pompêo é encontrado morto no Rio de Janeiro

As causas da morte ainda não foram divulgadas

Fábio Grellet, O Estado de S.Paulo

05 Janeiro 2016 | 19h19

RIO - O ator Antônio Pompêo, de 62 anos, foi encontrado morto por volta das 17 horas desta terça-feira (5) em sua casa, em Guaratiba, na zona oeste do Rio, onde morava sozinho. A Polícia Militar foi chamada por uma amiga e vizinha do ator, que estranhou o sumiço de Pompêo.

"Senti falta dele. Enviei uma mensagem pelo celular, como sempre fazíamos, e ele não visualizou nem me deu retorno. Então me preocupei. Vendo a janela dele aberta, o que não era de costume, estranhei. E vinha um odor forte na minha varanda. Liguei para o proprietário do apartamento, que pediu para chamar polícia. Quando a polícia chegou, constatou que ele estava morto. Acreditamos que já estava desde domingo. O corpo estava muito debilitado e com um odor muito forte", contou Aldinéia Silva ao site Ego.

Apesar da suspeita de infarto, a causa da morte só será confirmada após exame pelo Instituto Médico Legal (IML), para onde o corpo foi levado.

Pompêo, que nasceu em São José do Rio Pardo, no interior paulista,  participou de novelas como O Rei do Gado, A Viagem, Pecado Capital, Mulheres de Areia, Pedra sobre Pedra e Fera Ferida, da TV Globo, e "Xica da Silva", da extinta TV Manchete. Ele também era artista plástico, e deixou uma filha, que não mora do Rio.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.